Pokémon Go

Jogar Pokémon Go é invasivo e fere regras de privacidade?

Jogar Pokémon Go é invasivo e fere regras de privacidade?

2 minutos O jogo Pokémon Go mal foi lançado e gerou diversas polêmicas, criando problemas nos Estados Unidos e na Austrália. Nos EUA, muitas pessoas foram assaltadas por grupos que usavam o aplicativo para atrair vítimas a locais desertos. Na Oceania, pessoas foram atropeladas por estarem mais interessadas no jogo do que nos locais por onde andavam. O Pokémon Go, que é um jogo de realidade aumentada, também foi alvo de críticas em virtude do seu contrato de privacidade, certamente algo que pode gerar também Continue lendo

Jurídico Certo é destaque no G1 em reportagem sobre riscos trabalhistas de “Pokémon Go”

Jurídico Certo é destaque no G1 em reportagem sobre riscos trabalhistas de “Pokémon Go”

menos de 1 minuto O Jurídico Certo participou de reportagem publicada pelo portal G1, do Globo.com, nesta quinta-feira. O assunto em pauta é o jogo “Pokémon Go” e os problemas que ele pode gerar num ambiente de trabalho, chegando até a uma possível demissão por justa causa. Com participação de outros especialistas, a reportagem mostra os cuidados que funcionários devem tomar com o game, que pode provocar complicações desnecessários num ambiente de trabalho. LEIA MAIS: Pokémon Go – tenha muito cuidado com este jogo Continue lendo

Pokémon Go: tenha muito cuidado com esse jogo em um ambiente de trabalho!

Pokémon Go: tenha muito cuidado com esse jogo em um ambiente de trabalho!

3 minutos Aproveitando a febre do jogo Pokémon Go, desenvolvemos esse conteúdo para que o empregado e o empregador prestem atenção em alguns detalhes sobre advertência e/ou demissões, em relação ao momento em que algum funcionário é pego jogando o game durante o expediente. Será que o funcionário pode ser demitido caso a empresa encontre o mesmo jogando Pokémon Go? A empresa pode proibir a utilização do aparelho celular durante o expediente? O que diz a CLT sobre o assunto? A resposta para essas Continue lendo