05 dicas para contratar um bom correspondente jurídico

Tempo de leitura: 3 minutos

A contratação de um correspondente jurídico, certamente, facilita o andamento de qualquer processo que está correndo em outra comarca, distante do escritório que detém sua responsabilidade.

Hoje, com o desenvolvimento do trabalho de correspondente jurídico, é possível contratar advogados de qualquer parte do país para os serviços necessários a um processo. Assim, há economia e evita deslocamento de advogados para locais distantes.

No entanto, é importante conhecer as formas para fazer a contratação de um correspondente jurídico eficiente, que possa realmente atender às necessidades do escritório contratante.

Para facilitar essa contratação, apresentamos as principais recomendações para um escritório fazer uma boa contratação, garantindo que o trabalho seja feito de acordo com as necessidades.

Analise que tipo de correspondente jurídico o escritório precisa

Para escolher um bom correspondente jurídico é preciso encontrar um profissional especializado no caso em que o escritório está trabalhando, verificando se ele pode atender a todas as exigências e se já possui experiência suficiente para conduzir as diligências ou atender às audiências, que conheça os trâmites do local para representar bem os interesses do cliente.

Confira as qualificações do correspondente jurídico

Antes da contratação, é preciso saber as qualificações do correspondente jurídico. Para conferir essas qualificações, basta analisar o perfil do correspondente na página do Jurídico Certo.

Solicite indicação de colegas advogados

É possível também encontrar um bom correspondente jurídico através da indicação de outros advogados ou escritórios, já que muitos deles trabalham com esse tipo de contratação.

Escritórios com mais tempo no mercado costumam manter uma lista de contatos de correspondentes jurídicos e, assim, a indicação costuma ser efetiva, de pessoas cujos serviços e reputação são respaldados, tornando mais fácil analisar as referências desses profissionais.

Nesse caso, pode surgir o problema de nem sempre colegas advogados ou escritórios possuírem algum advogado na área de atuação ou na comarca onde o escritório está precisando de serviços de um correspondente jurídico.

Pode haver indicações de advogados da área cível, enquanto que a necessidade é de um advogado trabalhista. Dessa maneira, torna-se um tanto preocupante garantir-se apenas com as indicações para ter um bom correspondente jurídico.

Por isso, antes de contratar o corresponde, verifique as indicações no perfil do mesmo.

Utilize o Jurídico Certo para encontrar um bom correspondente jurídico

O Jurídico Certo é especializado na contratação de correspondentes jurídicos. Ele possui uma ampla base de dados, onde os advogados se cadastram, incluem suas especialidades, instituições onde estudaram, a comarca em que praticam seus serviços e até o tipo de diligência que costumam fazer.

É a maneira mais prática e eficiente de encontrar um bom correspondente jurídico, já que oferece muitas facilidades para o contratante e contratado.

Converse com o correspondente jurídico antes de contratar

Depois de escolher o correspondente jurídico, é necessário ter uma conversa com ele para conhecer a sua prática, verificando seus conhecimentos e se pode atender às necessidades de sua demanda.

2 Comentários


  1. Quero fazer parte do cadastros de advogados correspondentes.
    Obrigada Wilma

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *