Como me tornar um advogado mais produtivo e não procrastinar

Tempo de leitura: 3 minutos

Procrastinar é literalmente um verbo terrível para as pretensões de qualquer advogado. A procrastinação está intimamente ligada à queda de produção de uma atividade e é ela a principal culpada pelo profissional não atingir o resultado esperado.

Principalmente para os profissionais que já foram advogados empregados em outros escritórios de advocacia, tornar-se advogado autônomo e não ter qualquer superior lhe cobrando tarefas de uma maneira desenfreada é maravilhoso.

Contudo, o advogado não deve passar a conviver em uma zona de conforto, afinal, tal atitude lhe proporcionará resultados frustrantes para o futuro da sua carreira.

Será que você está rendendo realmente o que poderia render no seu exercício profissional?
Você possui a disciplina necessária para a execução de suas tarefas?

De nada adianta acreditar em um sonho profissional se suas atitudes não condizem com o empenho necessário para tanto. Desvio de atenção e o famoso “mais tarde eu faço” indicam que a procrastinação tomou conta de você.

Enumeramos algumas dicas que vão lhe auxiliar para aumentar a sua produtividade e evitar que você procrastine suas tarefas:

1) PROGRAME AS SUAS TAREFAS

  • A cada início de semana procure dividir e programar as atividades que necessitam ser cumpridas. Obviamente que para isso você deve conhecer a sua capacidade de produção para respeitar a programação.
  • Evite anotar um número excessivo de tarefas que você sabe que não conseguirá vencer.
  • Além disso, é importante deixar um tempo vago para a realização de atividades que surgem no decorrer da semana.
  • Trabalhos ou atividades que dispendem mais tempo devem ser divididos em etapas diárias. Logo, vencendo etapa por etapa você vai conseguir cumprir aquele projeto que lhe dava desânimo só de pensar.
  • Outra dica importante é começar seu dia realizando as atividades de maior importância ou maior dificuldade. No início do dia as energias são maiores e após concluída essa tarefa mais trabalhosa, todas as outras passam a fluir de uma maneira mais agradável.

2) EVITE DISTRAÇÕES

  • As distrações atrapalham muito na concentração e após a sua linha de pensamento ser interrompida é necessário um bom lapso de tempo para voltar ao ponto que parou.
  • Por isso, coloque seu celular no silencioso e destine um horário específico para verificar sua caixa de e-mail e responder os mesmos.
  • Redes sociais tomam muito tempo, deixe o Facebook, Instagram e WhatsApp para verificar naqueles momentos em que você está dando um tempo entre uma atividade e outra.

3) DESCANSE E APROVEITE A VIDA

  • Você é um ser humano e não é uma máquina.
  • Assim, não adianta pensar que você conseguirá trabalhar o tempo inteiro com o mesmo rendimento e sem causar um mal para sua saúde.
  • Faça intervalos curtos de 5 ou 10 min a cada 75 ou 90 minutos trabalhados.
  • Não procure trabalhar o dia todo e tenha tempo para tudo.
  • Tão importante quanto dedicar-se ao trabalho é ter um tempo para a sua família e amigos, tempo para seu lazer, tempo para cuidar da sua saúde e da sua alimentação, enfim, tempo para a sua vida pessoal.
  • Isso influenciará muito o seu rendimento no trabalho.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Portanto, não deixe tudo para a última hora. Programe suas atividades e trate de cumprir.

Existem no mercado muitos aplicativos que podem lhe auxiliar em diversas atividades para tornar seu dia mais produtivo.

Além disso, um Software Jurídico vai lhe auxiliar muito para realizar suas atividades. Confira aqui mais sobre o assunto.

O segredo é não cair na zona de conforto e pensar que tudo irá se resolver.

Se você quer alcançar seus objetivos, lute e dedique-se por eles.

A procrastinação é inimiga da perfeição.

Até o próximo artigo.

3 Comentários


  1. Dando curso à orientação supra, acho muito oportuna, visto que em experiência própria, atitudes displicentes dão origem a problemas muito sérios na vida profissional; vejo que a orientação é oportuna e deve ser observada com rigor; um grande abraço e bom dia.

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *