A importância da presença do profissional jurídico nas Redes Sociais

Por | 2018-03-16T14:00:38+00:00 8 de janeiro de 2018|

Atualmente as redes sociais já são consideradas entre as principais ferramentas de comunicação. Embora muitos advogados ainda se mostrem relutantes com relação ao seu uso, a presença nas redes sociais é inevitável e pode ser uma excelente forma de marketing, pois possibilita se manter na memória dos potenciais clientes, facilitando a conquista de novos.

Para um escritório de advocacia, canais como o LinkedIn e o Facebook se tornaram uma ótima alternativa para divulgar a marca do escritório sem ferir o Código de Ética da OAB. Além disso, as redes sociais se apresentam como uma oportunidade para o escritório criar um ponto de contato com as pessoas, podendo transformá-las em clientes ou mesmo garantir recomendações.

Da mesma forma que é feito pelas empresas de todos os segmentos e tamanhos, você, profissional jurídico, também pode e deve explorar as redes sociais, tirando todos as boas possibilidades que eles podem oferecer profissionalmente.

Advogados nas Redes Sociais

É inegável que as redes sociais, quando usadas corretamente, oferecem um bom retorno. Para isso, claro, será necessário aprendizado e boa execução de ações e comportamentos que poderão facilitar o aproveitamento das oportunidades oferecidas por esse meio de comunicação.

O trabalho de marketing jurídico feito pelas redes sociais deve ter um objetivo principal, ou seja, deve ser direcionado de uma maneira que possa atingir os potenciais clientes, gerando uma nova fonte de comunicação com as pessoas e demonstrando que o profissional responsável pelo escritório se preocupa com as questões que envolvem as pessoas.

Abordar temas de interesse do seu público-alvo, demonstrando seu conhecimento em determinadas áreas é uma forma de atrair novos clientes. Mais importante ainda é estar atento às demandas desse público, prestar atenção ao que eles estão interessados e assim poder também identificar novas oportunidades.

Escritórios de Advocacia nas Redes Sociais

Um dos principais objetivos para o uso das redes sociais é divulgar a marca e a imagem do escritório do escritório de advocacia. Aliás, esse é um dos principais motivos pelo qual as empresas em geral investem em Redes Sociais.

Pela Rede Social, o escritório de advocacia pode, além de divulgar a marca, transmitir seus valores, esclarecer suas especialidades e manter o público sempre atualizado, assim, se fixando na memória dos que o acompanham.

Atendimento ao cliente pelas Redes Sociais

Embora o Código de Ética não permita consultas oferecidas online, pelas Redes Sociais o advogado pode indicar possíveis soluções para potenciais clientes, desde que seja procurado para isso, mostrando-se solícito e capacitado para atendê-lo em determinado caso.

Ao apresentar uma possível solução para determinado problema, o advogado tem a oportunidade de atrair o cliente para o seu escritório, possibilitando que ele se torne um cliente efetivo. Esse cliente, com certeza, irá ajudar na divulgação das qualidades e potenciais do advogado e do escritório de advocacia.

Conclusão

Estamos falando de um mercado que, a exemplo de outros, está bastante acirrado. São milhares os advogados disponíveis e todos eles estão em busca de novos clientes e do aumento de sua carteira.

Vale lembrar que as redes sociais são usadas apenas na estratégia de marketing, o trabalho, em si, deve ser bem desenvolvido pelo profissional para que haja o reconhecimento e a fidelização desejada. Os profissionais jurídicos, seja autônomo ou do escritório de advocacia, devem estar preparados para atender às pessoas que o procurarem.

Embora as redes sociais sejam hoje um balcão de ofertas de serviços e produtos, se o advogado não estiver preparado para oferecer o melhor atendimento, estará desperdiçando tempo e esforços. Portanto, é necessário buscar destaque para os pontos que realmente pode colaborador..