Gestão do seu Escritório de Advocacia

Tempo de leitura: 3 minutos

Um advogado tem que ter em mente que para a sua profissão ser bem sucedida ele deverá ter conhecimento em gestão para poder administrar seu escritório de uma maneira correta na finalidade de conseguir vencer a demanda processual e fazer seus lucros aumentarem. Esse artigo tem por finalidade auxiliar você que buscar um pouco mais de conhecimento a respeito do assunto, vamos lá:

Antes de adentrarmos propriamente dito no assunto de como gerir seu escritório, vamos dar uma dica de mestre para você. Existem diversos programas para gerenciamento e administração do seu escritório. Pesquise na internet, contate outros advogados sobre experiências com esses softwares, que com toda a certeza irão auxiliá-lo em muito. Por exemplo, além de ele lhe possibilitar uma organização invejável, também irá acabar com as desculpinhas esfarrapadas de seus funcionários, quando os mesmos perdem algum prazo fatal. Pense nisso!

É natural que ao abrir um escritório, o jovem advogado busque incessantemente clientes e consequentes ações de uma maneira desenfreada. Contudo, na medida em que o tempo passa, a demanda vai crescendo assustadoramente, haja vista as inúmeras notas de expedientes publicadas.

Obviamente que esse crescimento demonstra que seu escritório esta no caminho certo, contudo, tenha cuidado. É necessário um modelo de gestão a fim de não comprometer o bom nome do seu escritório, uma vez que se isso não for feito o fracasso do seu escritório estará cada vez mais próximo.

Talvez você não note isso quando o faturamento está em crescimento, porém, com toda a certeza as despesas também serão grandes sem uma boa administração. É exatamente nesse ponto que entra uma boa ou má gestão do seu escritório.

Todos sabem que o tempo é um dos principais medos de um advogado, frente a tantos prazos e cobranças incessantes de vários clientes quando se necessita certa urgência para a solução rápida e eficaz da lide. Impende deixar claro que o objetivo final de uma boa gestão não é apenas o retorno financeiro, mas sim, organizar o trabalho e o tempo de modo a evitar o stress cotidiano, mantendo um ambiente de trabalho agradável, tornando as relações cliente-advogado e empresário-funcionário ótimas.

Você não leu errado, empresário sim. Você deve tratar o seu escritório como uma empresa, esse é o pensamento que você terá que adotar daqui para frente, se é que já não tem. Afinal, seu escritório possui funcionários, atendimento ao público, gastos diversos, lucros e despesas, portanto, em nada se diferencia de uma empresa.

Focado e com um bom planejamento, o advogado pode parar e pensar em quais setores é necessário uma mudança e em qual o trabalho está sendo realizado de forma eficaz, de modo a fazer a atingir ou superar todas as expectativas. Estamos falando de gestão desde o atendimento de um novo cliente até o saque do alvará de sua ação.

Para concluirmos damos mais duas dicas importantes:

Primeiro, indicamos para você ter um funcionário ou então um terceiro que preste serviço de contabilidade.  Assim, você poderá manter um equilíbrio entre os seus faturamentos e seus custos, na finalidade de administrar bem os seus bens para futuros investimentos e melhorias para o seu negócio.

Saiba a quem delegar exatamente as atividades e não sobrecarregue os funcionários mais eficientes, pois, com o tempo você irá aprender que muitos empregados são produtivos, outros criativos. Saiba valorizar ambos de maneira correta.

Ora, deve ter em mente que tudo isso é para manter o bom nome e o respeito de seu escritório perante a sociedade, fazendo valer cada gota de seu suor tanto no trabalho quando no período de estudos na faculdade, não deixe seu sonho acabar por falta de gestão.

Esperamos que essas dicas possam demonstrar a importância de uma boa gestão no seu escritório. Até breve!

2 Comentários



  1. olha , estou abrindo um escritório de representação jurídica preciso de novos conhecimentos,

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *