Poder da oratória: 5 dicas fundamentais para melhorar a sua técnica

Tempo de leitura: 3 minutos

Qual é a formula para possuir uma boa técnica de oratória? Normalmente, quando é preciso realizar uma apresentação sempre existe a preocupação com as palavras e os argumentos que serão usados.

Todavia, muitos oradores não concordam de que somente isso para um bom discurso é suficiente, pois existem diversos fatores envolvidos, como a forma que seus argumentos serão apresentados: a oratória. Pensando nisso, separamos abaixo 5 dicas para fazer sua apresentação com mais qualidade e segurança:

1 – Postura

Quando você efetua uma palestra, a ideia é chamar a atenção da plateia com o discurso, não é? No entanto, é bom estar ciente que antes de pronunciar qualquer palavra, a partir do instante que você apareceu no espaço, sua postura já começa a falar tudo a seu respeito. Mesmo que isso possa parecer exagerado, vários elementos de sua personalidade vão ficar ainda mais evidentes, apenas pela forma como você se coloca fisicamente no palco.

E não ter o devido cuidado nesse aspecto pode repassar as seus espectadores uma postura negativa, de falta de confiança ou desleixo. Entre os fatores essenciais para uma boa postura, está a coluna, que precisa estar permanentemente ereta. Ainda é essencial se movimentar sem pressa para não repassar um conceito de ansiedade e que mãos estejam unidas em frente ao corpo.

2 – Caminhar

Ao estar diante de um público totalmente desconhecido, mesmo os oradores mais veteranos podem se sentir receosos. Caminhar é uma sugestão tradicional para tentar controlar o nervosismo.

É normal sentir medo ou ansiedade ao encarar um público pela primeira vez. A questão é que os oradores de qualidade conseguem lidar com essa pressão psicológica. A ideia de caminhar acaba com a energia de ansiedade que está acumulada, de forma elegante e adequada no meio de uma apresentação.

3 – Treinando a oratória

Mesmo para alguém que esteja acostumado a fazer apresentações constantemente é fundamental treinar sempre que possível. A prática é o elemento básico e nunca deve ser menosprezado. Tenha sempre a sua apresentação memorizada, elabore as perguntas que possam surgir, treine na frente do espelho, tente apresentar para familiares ou amigos, enfim, não se permita estar “enferrujado”.

4 – Importância do olhar

Uma das desvantagens que a tecnologia trouxe para o cotidiano foi a dificuldade em ter uma conversa olho no olho, normalmente, as pessoas param para ter uma conversa e já estão vidradas em seus smartphones, tablets ou qualquer outro aparelho eletrônico. Da mesma forma, esse desconforto acontece com quem faz uma apresentação sem sequer encarar o seu púbico.

A atitude simples de olhar para o público aumenta o nível de atenção. Enfim, olhar é fundamental para a comunicação interpessoal e se expressar olhando para o chão ou para o teto é algo extremamente proibido na oratória.

5 – Não confie totalmente sua apresentação à tecnologia

Usar alguns recursos tecnológicos durante a sua apresentação pode conceder ainda mais qualidade para o seu trabalho, no entanto, você não pode confiar inteiramente nesses acessórios.

Existem diversos tipos de equipamentos que podem ajudar a deixar a sua apresentação ainda mais interessante. E um orador de qualidade não pode depender totalmente desses elementos para efetuar o seu trabalho. Afinal de contas, uma apresentação deve estar baseada no conhecimento do profissional e não nos recursos técnicos. O ideal é optar por um equilíbrio desses dois elementos: tecnologia e conteúdo de qualidade.

Gostou das dicas? Conte para nós como você costuma se sair em suas apresentações.

1 comentário


  1. Fiz dois cursos de oratória durante a faculdade. Um promovido pela Escola da AGU, excelente! E outro pelo Papo de Universitário, aqui em Maceió-AL. Ambos me fizeram ter mais atenção a vários aspectos mencionados no texto. Uma boa dica é pedir que as pessoas te deem um feedback da sua apresentação, assim você sempre vai saber o que pode melhorar.

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *