5 competências que um líder no setor jurídico precisa ter

Tempo de leitura: 2 minutos

O líder, de uma forma geral, não é aquele que detém o poder, que comanda com mãos de ferro, mas sim aquele que sabe inspirar as pessoas subordinadas, que sabe designar funções e que consegue engajar os membros da equipe e se preocupa em formar sucessores.

No setor jurídico, muito mais do que em outros ramos de atividade, o líder deve ir além dos próprios limites, enxergando o que outros advogados ainda não viram e analisando todas as questões pertinentes à profissão de advogado e acompanhando o mercado e as organizações, com uma visão abrangente.

A principal caraterística de um líder no setor jurídico é saber também liderar-se a si mesmo para poder liderar seus membros de equipe, fortalecendo suas competências pessoais e sua inteligência emocional para não se desviar de seus objetivos.

As competências do líder no setor jurídico

  1. Ter atenção com os membros de sua equipe, reconhecendo as experiências e competências de cada um, buscando construir e manter uma equipe bastante sólida e consciente das necessidades de resultados.
  2. Saber inspirar os membros da equipe com a capacidade de estimular as pessoas, a desenvolver a criatividade, a manter a dedicação e o sentimento de que fazem parte de uma equipe para ser mola propulsora em busca do sucesso de todos.
  3. Ter motivação catalisadora para manter as forças criativas dos membros da equipe, atuando sinergicamente para que todos possam alcançar os resultados.
  4. Estar sempre aberto ao aprendizado, podendo, dessa forma, fazer as mudanças necessárias para inovar e criar novas estratégias necessárias para o bom andamento dos processos.
  5. Ser mestre na comunicação para que cada um dos membros da equipe tenha o entendimento completo de tudo o que é tratado, fazendo o alinhamento de todas as atividades com os participantes da equipe.

Desenvolvendo e fortalecendo essas competências, o líder do setor jurídico consegue manter-se perfeitamente alinhado ao perfil de liderança exigido pelo mundo atual, mostrando autoconhecimento e compartilhamento de ideias. O bom líder no setor jurídico deve sobrepor-se mostrando que é igual a todos e que também faz parte da equipe.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *