5 personagens de filmes para um correspondente jurídico se inspirar

Tempo de leitura: 2 minutos

Para o bem ou para o mal, a indústria cinematográfica possui excelentes personagens para que um correspondente jurídico possa se inspirar. É claro que, no caso dos maus exemplos, a inspiração deve ser para que não tome os mesmos caminhos, uma vez que, como sabemos, nada fica oculto por muito tempo e, além do mais, não existe crime perfeito. Ou, se existe, só existe por não ter sido ainda descoberto.

Veja alguns dos personagens mais interessantes do cinema para inspirar sua carreira de advogado e correspondente jurídico:

1. Mick Haller, em “The Lincoln Lawyer”

O advogado Mick Haller, vivido por Matthew McConaughey, ganha sua vida tirando criminosos culpados da cadeia. Quando vai defender um playboy acusado de tentativa de estupro e agressão contra uma prostituta, Haller é confrontado com a possibilidade de seu cliente ser realmente culpado e de ser o crime apenas o indício de alguma coisa mais grave.

2. Kevin Lomax, em “O Advogado do Diabo”

Kevin Lomax é um jovem advogado que ainda não perdeu uma causa. No filme, ele é contratado por John Milton, dono do maior e mais bem sucedido escritório de advocacia de Nova York. Lomax fica deslumbrado ao ser apresentado ao ambiente de luxo e não dá atenção aos sinais de perigo que vão surgindo pelo caminho.

3. Frank Galvin, em “O Veredicto”

Frank Galvin é um advogado decadente, interpretado por Paul Newman, que encontra uma chance de se recuperar profissionalmente quando passa a defender uma vítima de erro médico. Na trama ele enfrenta um grupo farmacêutico poderoso, defendido por um poderoso advogado.

4. Daniel Kafee, em “Questão de Honra”

Um soldado morre acidentalmente numa base militar e o caso vai parar nos tribunais por suspeita de que tenha havido uma punição extraoficial. O advogado Kafee, vivido por Tom Cruise, evita qualquer tipo de acordo, na tentativa de descobrir a verdade sobre o caso.

5. Andrew Beckett, em “Filadélfia”

Andrew Beckett, interpretado por Tom Hanks, é um advogado homossexual, demitido de um escritório de advocacia quando descobrem que ele é portador de Aids. Sua demissão vai para os tribunais e Beckett é defendido por Joe Miller.

LEIA MAIS: advogados na Netflix – o que assistir?

1 comentário

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *