Como resolver o problema da malha fina?

Tempo de leitura: 2 minutos

A partir da Declaração de Imposto de Renda deste ano, você já pode saber se sua declaração caiu na malha fina. A Receita Federal está abrindo um site para consulta ao processamento da declaração pela internet.

Se você tem qualquer dúvida sobre sua declaração do IR ou se pretende acompanhar o processamento, pode acessar o site da Receita no endereço receita.fazenda.gov.br e saber se sua declaração está em processamento ou se vai precisar retificá-la.

Os extratos do Imposto de Renda de todos os contribuintes estão disponíveis em até três dias depois da entrega da declaração e, desta maneira, já você poderá corrigir alguma informação, evitando ficar preso na malha fina.

Regularizando a declaração para não cair na malha fina

A regularização de pendências antes do fim do prazo de processamento agiliza o recebimento de restituições, permitindo ao contribuinte pagar multa e juros. No caso de deixar para depois, se houver imposto ainda a recolher, sobre ele vão recair encargos, aumentando o valor a recolher.

Para consultar sua declaração e verificar se há pendências, você deve ter um código digital fornecido pela Receita, com validade de dois anos, que você encontra na internet com o número de recibo da declaração de IR dos últimos dois anos.

Após entrar no site da Receita Federal, na página de atendimento ao contribuinte (e-Cac), o próprio sistema vai apontar se houve algum erro e a correção que precisa ser feita. Se houver pendência, basta preencher uma declaração retificadora e entrega-la, garantindo a veracidade de suas informações.

Entre as principais pendências nas declarações de Imposto de Renda está o esquecimento de fontes pagadoras, a omissão de rendimentos de dependentes e a utilização incorreta de deduções.

O serviço de regularização das declarações está disponível desde 2009, mas somente no ano de 2015 o contribuinte pôde ter acesso ao extrato. Este serviço da Receita Federal está possibilitando uma grande redução de contribuintes presos na malha fina.

Segundo a Receita Federal, com o serviço de retificação do Imposto de Renda, a cada ano vem reduzindo o número de pessoas que ficam presas na malha fina, garantindo a todos poder receber a restituição nos prazos estipulados no calendário da Receita.

1 Comentário


  1. De acordo com os princípios da administração pública ( art.37 da CF), a publicidade permite a possibilidade de fiscalização da administração, por intermédio dela os órgãos de fiscalização e os cidadãos podem controlar os atos administrativos, tanto por meio judicial quanto administrativo.

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *