Comprou um pacote de viagem? Saiba quais são seus direitos

Tempo de leitura: 2 minutos

Se você comprou um pacote de viagens, deve saber que o Código de Defesa do Consumidor oferece garantias para que tenha uma boa aplicação, seja no investimento feito ou no prazer de tirar umas férias e gozar um pouco a vida.

Fique de olho nos seus direitos ao comprar um pacote de viagem para não entrar numa “roubada”, como acontece muito ultimamente:

  • Não compre pacotes de operadoras que não tenham cadastro na Embratur ou que não sejam membros da Abav.
  • Procure saber sobre a agência de viagens e seus serviços pelo site, da Embratur ou de outras pessoas que usaram os serviços.
  • Sempre compare preços antes de aceitar um contrato: ele não pode ser muito caro e nem muito barato.
  • Leia sempre o contrato com atenção antes de assiná-lo para não ter surpresas desagradáveis.
  • Mantenha sua pontualidade ao marcar o voo ou o embarque para não perder seus direitos.

Seus direitos no pacote de viagem

  • Caso haja cancelamento da viagem por não ter atingido o número mínimo do grupo, a operadora deve devolver todo o valor já pago, ou oferecer um crédito para futuras viagens;
  • Caso você desista da viagem, saiba que não terá todo o dinheiro de volta. O próprio contrato, na maior parte das vezes, prevê uma quantia ou porcentagem para devolução, e uma porcentagem que será retida pela agência para cobrir seus custos operacionais ou pagamentos já feitos a prestadores de serviço. Lembre-se que, quanto mais próximo da viagem, menor será o reembolso.
  • A agência de viagens deve prestar todas as informações sobre documentos necessários para a viagem, o visto de entrada em países estrangeiros, as vacinas necessárias para cada região e os locais onde poderá buscar ajuda se não estiver numa viagem em grupo.

Lembre-se que, se não for atendido dentro do que foi estabelecido em contrato, seja com relação a hospedagem ou locomoção, você deve, no retorno, procurar a agência imediatamente. Caso seus problemas não sejam resolvidos pela agência, a solução é sempre o Procon, onde você deverá ir munido de todos os documentos para registrar sua reclamação.

LEIA MAIS:

Despesas indevidas em seu cartão? Conheça seus direitos

Perdeu o voo? Saiba o que fazer!

Direitos que o consumidor acha que tem, mas não é bem assim…

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *