É o chefe? Confira cuidados que você deve ter com seus subordinados

Tempo de leitura: 2 minutos

Se você é o chefe, ocupando um cargo de comando, deve manter um bom relacionamento com todos os funcionários, tendo em conta as suas responsabilidades ligadas aos objetivos da empresa/escritório.

Saber tratar com subordinados, no entanto, ainda se apresenta como um grande desafio para qualquer chefe, principalmente quando ele também é o dono da empresa/escritório.

As inúmeras pesquisas realizadas dentro do meio empresarial mostram que uma das principais dificuldades da chefia é saber ouvir a opinião dos funcionários e delegar tarefas de forma adequada, o que pode, quando feito de forma errada, criar uma série de conflitos entre ambos.

Nas entrevistas realizadas para as pesquisas ficou demonstrado que mais da metade dos subordinados informaram que a falta de atenção à opinião dos subordinados é o fator que mais traz problemas entre chefes e subordinados, seguidos diretamente pela falta de capacidade de delegar tarefas, o que indica que o chefe ainda gosta de comandar e não de participar das atividades.

Motivação: a principal qualidade do chefe

É preciso fazer a distinção entre o chefe e o líder. O bom chefe é aquele que sabe motivar sua equipe de subordinados, compartilhando informações e conhecimentos, delegando responsabilidades de acordo com a capacidade dos subordinados e compartilhando os resultados com sua equipe em vez de assumir os louros e criticar os erros.

De acordo com o que foi constatado, grande parte dos chefes ainda está preso a costumes e valores totalmente ultrapassados.

O novo chefe é aquele que apresenta capacidade de enxergar as pessoas e tratá-las de forma distinta, sabendo como cada personalidade atua. Essa condição deve ser buscada constantemente pelo chefe, admitindo e entendendo que cada equipe de subordinados é formada por perfis completamente diferentes e que contam com expectativas também diferenciadas.

O principal meio de conseguir um bom relacionamento com os subordinados, portanto, é voltado para a boa comunicação, buscando meios de equilibrar o tratamento e mostrar que é capaz de entender o lado pessoal e o lado profissional de cada um deles. Dessa maneira, o chefe encontra a forma mais apropriada para aproximar-se dos subordinados e conquistar sua confiança e respeito.

LEIA MAIS: 5 coisas que seu futuro chefe vai gostar de saber sobre você

1 comentário

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *