2 desafios que o advogado encontra no Direito Digital

Tempo de leitura: 2 minutos

O Direito Digital é a mais recente área para os advogados, tendo como características básicas o dinamismo e a celeridade exigidas pelo mundo digital. No entanto, o advogado, para trabalhar com o Direito Digital, vai enfrentar sérios desafios, uma vez que ainda não existe uma auto regulamentação, com poucas leis atendendo o setor, exigindo que o advogado faça o seu trabalho através da analogia, buscando soluções por meio de arbitragem.

Situações relacionadas a direitos autorais e de uso de imagem na internet, por exemplo, são algumas das mais complicadas, uma vez que com as redes sociais é cada vez mais difícil controlar o que as pessoas publicam e dizem.

Diante da velocidade das mudanças ocorridas pela presença da internet, o advogado deve procurar, primeiramente, na mediação e na arbitragem, que se tornam as duas vias mais sustentáveis para encontrar soluções de conflito no Direito Digital.

Usando a estratégia no Direito Digital

Com a velocidade presente no mundo digital, o advogado, ao atuar no Direito Digital, deve antes de tudo ser um estrategista. Não basta apenas conhecer o Direito e a legislação, é preciso conhecer os modelos que conduzem as relações entre as empresas e as pessoas, entre os mercados e os estados no mundo digital.

Assumir uma postura de estrategista faz com que o advogado tenha um papel determinante para conduzir os negócios de forma adequada no mundo digital, procurando os melhores caminhos e as soluções mais viáveis, dentro de um contexto que se apresenta competitivo e, principalmente, globalizado.

Usando a negociação no Direito Digital

Desta forma, cada vez mais, é necessário que o advogado tenha uma visão e uma conduta de negociador no Direito Digital, não cabendo mais a visão contenciosa ou legalista.

O Direito Digital exige que o advogado domine as novas ferramentas e as novas tecnologias, que estude as inter-relações comerciais e pessoais, além de ter também um conhecimento global do Direito Digital, com suas novas terminologias, com seus códigos e linguagens.

As mudanças provocadas pelo mundo digital vieram para ficar e tudo demonstra que novas alterações e novas fórmulas irão surgir no futuro. Assim, o Direito Digital obriga o advogado a adquirir nova postura, devendo enfrentar os dois grandes desafios apresentados e se tornando, mais do que um advogado, um estrategista de grande visão e um negociador dos mais persuasivos.

LEIA MAIS: O Jurídico Correspondentes agora é Jurídico Certo. O que muda?

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *