Chegou a hora de pedir aposentadoria. O que devo fazer?

Tempo de leitura: 2 minutos

Na hora de pedir a aposentadoria junto ao INSS, o contribuinte deve cumprir uma série de exigências, que exigem todo o cuidado e atenção. Veja, a seguir, como você pode cumprir essa maratona:

1. Conferir os dados do CNIS e as contribuições

O CNIS – Cadastro Nacional de Informações Sociais é fornecido pelo INSS, devendo ser conferidas por meio dele todas as contribuições efetivamente recolhidas. No caso de haver diversos empregos, é preciso verificar se todos constam no documento e se o valor do salário está correto.

2. Tenha em mãos as carteiras de trabalho e o PPP

O INSS verifica os vínculos empregatícios através da carteira de trabalho, que deve ser apresentada junto com os documentos exigidos na hora de pedir a aposentadoria. Se você tem direito à aposentadoria especial, também deve ter em mãos o PPP – Perfil Profissiográfico Profissional. Sem esse documento, é impossível comprovar trabalho em áreas perigosas ou nocivas à saúde.

3. Comprovantes de recolhimento

Se você trabalhou como autônomo ou como profissional liberal, deve ter em mãos todos os comprovantes de recolhimento feitos durante o período. Esses documentos devem ser apresentados ao INSS para conferência. Se o trabalho foi prestado para uma empresa, é ela quem deve recolher a contribuição e, nesse caso, é necessário guardar os comprovantes de prestação de serviços.

Os comprovantes também são necessários para o contribuinte facultativo, como estudantes, desempregados e donas de casa.

4. Confira a lista de documentos

O site do INSS possui uma página para agendamento de solicitação de aposentadoria, onde o contribuinte também pode encontrar a relação de documentos que devem ser apresentados. Confira a lista e verifique se não falta algum documento antes de fazer o agendamento.

5. Se tudo der certo, aproveite a aposentadoria

Depois de tudo ajeitado e se o INSS conceder a aposentadoria, ao contribuinte basta aproveitar a ocasião, permitindo-se algumas regalias. Contudo, antes de receber o dinheiro, faça uma simulação no próprio site do INSS para saber os seus direitos. Se o valor não conferir, não retire do banco: entre com um recurso no INSS para revisão.

Se tiver dúvidas, a melhor coisa a fazer é procurar um advogado de confiança.

LEIA MAIS: Aposentadoria especiais – quais atividades têm direito

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *