10 dicas para ter sucesso em um estágio no Direito

Tempo de leitura: 4 minutos

O estágio é de grande importância para o futuro de um estudante de Direito, já que é o melhor meio de colocar em prática tudo o que está aprendendo. Para ter sucesso em um estágio de Direito, apresentamos a seguir algumas dicas importantes, que poderão definir o rumo de sua carreira:

1. O estágio vai definir se você escolheu a profissão certa

Você pode ter feito a pergunta sobre que carreira seguir ainda antes do vestibular, quando escolheu o Direito. O estágio é a melhor oportunidade para você saber se escolheu a carreira certa para o seu perfil.

Se você se sentir bem com as atividades do estágio, seja em que área for, considere-se um premiado.

2. O estágio vai mostrar se você tem vocação para o Direito

Durante o estágio, através do trabalho executado, você vai perceber se sua vocação é realmente o Direito ou se hoje algum engano na sua escolha. Entenda, no entanto, que a vocação é uma conquista daquilo que você pretende e a aptidão para o exercício do Direito é um complemento que você adquire através do conhecimento.

3. Qual a hora certa para começar o estágio de Direito?

O estágio é uma fase em que você vai aumentar sua proximidade com do Direito e, por isso, deve ser feito o quanto antes, mesmo que não seja um estágio remunerado. É através do estágio que você vai encontrar maiores referências para escolher sua área de atuação no futuro, podendo direcionar seus estudos com mais eficiência.

4. Onde fazer o primeiro estágio?

No primeiro estágio que você fizer, você irá ter o contato inicial com as atividades de advogado. Portanto, o melhor lugar para o primeiro estágio é, certamente um escritório de advocacia, na Defensoria Pública ou Promotoria, o que vai permitir que você possa experimentar diversas áreas, tendo mais facilidade para escolher sua futura especialização.

5. A remuneração do estágio é importante?

Não confunda sua necessidade financeira com sua necessidade de aprendizado. O estágio, mesmo que não seja remunerado, é a oportunidade para você desenvolver aquilo que está aprendendo no seu curso de Direito.

Muitas pessoas perdem excelentes oportunidades de aprender simplesmente por não aceitar um estágio não remunerado. Lembre-se que, durante o estágio, você não vai ficar rico, mas terá condições de consolidar seu futuro. Além do mais, a remuneração é consequência do trabalho e não o contrário.

6. A área profissional é definida durante o estágio?

Através das matérias que você está aprendendo na faculdade, você poderá ir definindo o seu futuro profissional. O estágio é um complemento para as matérias estudadas, onde é possível colocar em prática e analisar se realmente a área que você pretende é a melhor para você.

O seu desenvolvimento e sua escolha são decorrentes também das oportunidades que você encontrar pela frente.

7. Como você pode identificar um bom estágio?

O melhor estágio é aquele onde você tem proximidade com seus superiores. Seu aprendizado será maior quanto mais próximo você estiver do seu chefe imediato e, para isso, mesmo um escritório pequeno, com poucos advogados, será mais interessante do que um grande escritório, com um maior número de associados.

Lembre-se que o estágio é um complemento para os estudos e, quanto mais você aprender, melhor.

8. Como você pode ser um bom estagiário?

Você pode ser um bom estagiário a partir do momento em que mostrar interesse pelas suas atividades. Faça o seu superior perceber que você se dedica com atenção àquilo que está lhe direcionando.

A partir disso é que você terá mais oportunidades de mostrar sua capacidade, podendo crescer profissionalmente.

9. O estágio define a carreira futura?

As oportunidades no mundo jurídico são as mais variadas. Dessa forma, você pode aproveitar o estágio para definir seu futuro como advogado especializado ou até mesmo procurar seu caminho como juiz ou promotor. Quem faz a escolha é você, através daquilo que aprendeu e vivenciou.

10. Seja consciente de sua condição de estagiário

Por fim, lembre-se que você está aprendendo e, por mais que haja dificuldade no seu estágio, esta é uma fase imprescindível para sua vida futura. Não reclame que trabalha demais e ganha pouco ou mesmo que não está tendo um estágio remunerado.

O estágio é uma fase que deve ser vista como libertária, ou seja, um período em que você está ampliando seus conhecimentos. Considere que o conhecimento é o fator mais importante para libertar qualquer mente da ignorância e é também a semente que vai frutificar no futuro.

Durante o estágio, não perca qualquer oportunidade de aprender, procure chamar a responsabilidade para si e faça todos os cursos possíveis e disponíveis. O estágio é o melhor caminho para conseguir sua realização profissional.

4 Comentários


  1. Concordo com tudo. Estágio é para aprender. Infelizmente, há muito trabalho para o estagiário. Se você não apresentar eficiência, não sobra tempo para aprendizado e você sempre continuará na mesma função até terminar o contrato de estágio. É preciso rapidamente, conseguir uma rotatividade nas funções, não se acomodar, como faz, muitas vezes, o empregado; trabalhando apenas pelo salário. Estar estagiando é um previlégio para qualquer pessoa. Não se sinta explorado mas também não se deixe explorar. E talvez você aprenda tudo o que tiver direito.

    Responder

  2. Se o estagio fosse sério eu concordo com o texto mas, me parece que o texto versa sobre estagio não em escritórios brasileiros e sim de outros países, porque no Brasil o que mais se vê é a exploração do estagiário sem nenhuma fiscalização da OAB.
    Geralmente, não é regra, o estagiário será um office-boy de luxo, nada além, ficando totalmente desmotivado com o tempo e tendo uma péssima impressão da profissão que virá.
    Estranhamente quem explora é o mesmo estagiário de outrora, que sofreu as mesmas penas e com certeza reivindicou, nem que for em meros pensamentos, uma melhor oportunidade de aprendizado, e hoje, pratica e leva adiante tudo aquilo que exerceu e não gostou.
    Portanto, aos estudantes de direito, pensem bem antem de aceitarem o estagio e deixarem seus empregos, reflita se realmente vale a pena.

    Responder

    1. É uma pena que no Brasil não temos bons cursos jurídicos e os estágios oferecidos pelos escritórios de advocacia, tribunais, promotorias, procuradorias não são eficientes, para os estágiarios aprenderem de forma correta e justa.
      Os próprios funcionários dos tribunais, não querem orientar os estágiarios que ali se encontram, para designar as funções, mostram uma arrogância insuportável, que muitas vezes pegamos raiva da profissão que escolhemos.
      Muitas vezes me pergunto, pra que ser tão arrogante na área jurídica, porque nós como um todo, não mostramos a dignidade de aprender e ensinar aqueles que no futuro, irão ocupar cargos importantes para o nosso país diante do qual podemos se orgulhar.
      Infelizmente o poder e a arrogância tomam conta de nosso país
      O mundo jurídico no Brasil de hoje é uma piada.

      Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *