Advogado: não basta conquistar! Dicas para manter seus clientes

Tempo de leitura: 4 minutos

A fidelização de clientes, em qualquer atividade humana, é a melhor forma de manter a sustentabilidade, podendo ser ainda mais importante do que a busca de novos clientes.

Contudo, na área da advocacia, não são todos os profissionais que conseguem manter seus clientes, sendo preciso aplicar algumas técnicas para reter pessoas em sua carteira fixa de clientes.

Como é possível tomar atitudes para fidelização de clientes e para que eles sempre procurem seus serviços? Além disso, como fazer com que esses clientes façam recomendações sobre sua atuação como advogado?

O advogado pode investir em marketing para garantir uma carteira de clientes

Um ponto que não pode ser esquecido é a continuidade de prospecção de novos clientes através do marketing jurídico. Esse marketing deve ser bem planejado, seguindo critérios como o foco de atuação do escritório, o público-alvo desejado, as estratégias e ações que devem ser realizadas.

Uma prática interessante para o advogado é manter a cultura de planejamento, gerando novos relacionamentos com a base de clientes existente, atendendo o Código de Ética e o respeitando.

O Código de Ética restringe muito a atuação do advogado com relação ao marketing e, portanto, como profissional que precisa manter seu nome lembrado, ele pode investir em ações estratégicas, como artigos jurídicos publicados em jornais e revistas, investimento em marketing digital, manutenção de sua presença na mídia através de site próprio e de um blog com assuntos jurídicos.

Técnicas para manter a fidelização de clientes

Entre as principais técnicas a serem aplicadas para a fidelização de clientes, o advogado, dentro de sua área de atuação, deve entender melhor os seus clientes, bem como estar alinhado com a cultura de sua região.

Entendendo que os clientes são diferentes, cada um com sua própria personalidade e com seus problemas, é preciso saber que os clientes podem ser bem distintos dos que frequentam escritórios de outros advogados.

Para garantir que o cliente possa lhe procurar sempre que houver um problema a ser resolvido na Justiça, o advogado deve conhecer a fundo as necessidades e as características de cada um, bem como suas demandas e aspirações, seus negócios e sua atuação na sociedade.

Programas de fidelização para o escritório de advocacia

Um dos métodos que podem e devem ser utilizados são os contratos feitos com associações, com empresas ou com instituições, para que ofereçam serviços jurídicos a preços mais acessíveis e de forma regular, recebendo pagamentos mensais para sua disponibilidade.

O advogado pode estabelecer acordos com pessoas físicas e jurídicas, garantindo, além de uma renda fixa mensal, também o retorno de seus clientes.

Presença nas redes sociais para fidelização de clientes

A internet é uma excelente ferramenta para o advogado manter relacionamento mais estreito com seus clientes. O aproveitamento das redes sociais pode gerar conteúdos ricos e relevantes, permitindo ao advogado postar textos, vídeos e imagens, sempre respeitando o Código de Ética.

Os seguidores, nas redes sociais, podem se inteirar de notícias importantes, comentar e passar adiante as publicações, curtir e compartilhar, servindo esse relacionamento para fidelizar os clientes, além de conseguir novos.

O e-mail marketing como meio de fidelização

Embora o Código de Ética proíba a utilização do e-mail marketing, a ferramenta pode ser utilizada para envio de newsletters, informando os clientes do escritório sobre notícias que possam interessar. Com as newsletters, o advogado pode estar presente na vida do seu cliente, permitindo que seja lembrado em todos os momentos.

Procurando saber a razão da procura pelos serviços

Aplicar ações de fidelização do cliente também exige que o advogado tenha conhecimento das fontes que fizeram com que ele o procurasse, seja através de indicações, seja pela sua presença em redes sociais ou qualquer outra estratégia aplicada para conseguir clientes.

Saber o motivo pelo qual o cliente o procurou permite ao advogado analisar as ações tomadas e as que derem melhores resultados. A fidelização dos clientes também funciona da mesma maneira, procurando saber as razões que trouxeram o cliente de volta e fomentando as iniciativas que trouxeram resultados.

Excelente atendimento para fidelizar os clientes

A premissa básica para o relacionamento entre o advogado e seu cliente é a confiança. Para garantir essa condição, o advogado não deve apenas mostrar que conhece a fundo a área jurídica.

Ao analisar o problema apresentado pelo cliente, o advogado deve ouvir com atenção sua versão dos fatos e ser honesto com relação à sua análise. Sempre que for expor alguma ideia ou análise, deve fazê-lo de forma clara, com palavras que o cliente possa entender e propor os possíveis encaminhamentos, sem, no entanto gerar promessas.

Solicitando sugestões ao cliente

O advogado deve também procurar saber como cada cliente se sentiu com relação à sua atuação. Ouvir os clientes com relação àquilo que foi feito é uma maneira de melhorar o atendimento, de fidelizar os clientes e de gerar maior confiança no relacionamento.

1 comentário


  1. Bom dia Realmente estas dicas são preciosas, pois temos relatos de clientes que são abandonados depois que a petição está em andamento e o cliente fica inseguro.

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *