Como contratar e reter talentos no seu escritório de advocacia

Tempo de leitura: 3 minutos

Uma grande dificuldade existente em escritórios de advocacia é manter os funcionários talentosos sob o seu comando. A concorrência privada e a carreira pública são grandes “empecilhos” para que esses funcionários permaneçam trabalhando para você. Mas como fazer isso? Confira no presente artigo:

Em virtude da grande procura pelo curso de Direito, muitos profissionais estão no mercado à procura de uma oportunidade em um escritório de advocacia. Você também possui a necessidade de contratar profissionais, na medida em que a demanda aumenta e o seu escritório vai mudando para um patamar elevado. Até aí nenhuma novidade. A verdade é que você precisa de profissionais talentosos e em quem possa confiar.

Portanto, a dificuldade é:

Como contratar alguém talentoso?
Como manter um funcionário talentoso?

O estudante de Direito sonha, principalmente nos primeiros anos de curso, em passar em um grande concurso e ter uma vida estável. São poucos os que pretendem seguir na carreira da advocacia. Assim, em tese, surgiria uma dificuldade em trazer esses estudantes para dentro do seu escritório, uma vez que a iniciativa privada não seria o foco deles.

Contudo, em virtude da necessidade da prática jurídica em muitos concursos, a procura por emprego nos escritórios de advocacia em nosso país é gigantesca, fazendo com que a mão de obra não seja escassa.

Logo, esse é um ponto favorável para você conseguir contratar um talento.

A dificuldade, no entanto, se mostra no momento da contratação. Através de uma seleção de candidatos por empresa especializada e posterior entrevista pessoal, onde o advogado pode questionar o candidato, provavelmente você consegue identificar um estudante com potencial, seja através do currículo, experiência anterior ou notas na faculdade. A parte difícil é em relação a um comprometimento prolongado do candidato, ou seja, saber realmente se o candidato não está mentindo quanto ao interesse em dedicar-se tão somente ao escritório ou se pretende prestar concursos públicos e simplesmente abandonar o seu escritório após tanto planejamento e investimento no seu potencial.

Ainda, deve-se levar em consideração o desejo de muitos profissionais em ter o seu próprio negócio, isto é, ter seu próprio escritório de advocacia. Nesse momento, surge a segunda questão acima mencionada: como manter um funcionário talentoso?

Muitos são os fatores que devem ser levado em consideração para manter um profissional com talento dentro da sua equipe. É natural que uma boa remuneração é fundamental para conservar um profissional que se destaca. Porém, apenas isso não é suficiente.

Um ambiente de trabalho saudável é extremamente importante para que um profissional não sinta a necessidade de mudar de emprego. A equipe deve ser bem montada, principalmente com pessoas confiáveis, responsáveis e que não pretendam prejudicar profissionalmente o seu colega. Uma dica para manter um ambiente saudável é o proprietário do escritório retirar as maças podres existentes na equipe, a fim de não prejudicar todo um time qualificado e talentoso sob seu comando.

Além disso, de vital importância se mostra reconhecer e valorizar o trabalho do profissional. Motive os seus funcionários. Proporcione benefícios pela produtividade ou pela qualidade dos serviços prestados. Folgas, férias prolongadas, viagens, jantares, são algumas opções de regalias pelo reconhecimento.

Por fim, tente sempre deixar claro para o seu talento a importância dele para o escritório e demonstre as oportunidades de crescimento profissional e pessoal que ele terá trabalhando para você, sobretudo com a qualidade de vida e realização que terá naquele ambiente de trabalho. Assim, além você manter um empregado diferenciado, também manterá a qualidade do seu trabalho, trazendo maiores rendimentos para o seu escritório e a felicidade para todos.

Até o próximo artigo.
Ótimo dia a todos!

1 Comentário


  1. Chamou-me à atenção nesta postagem,principalmente o cuidado na contratação de pessoas com objetivo de militar na área privada,diferentemente do que vejo na faculdade onde estou cursando o quinto período de Direito, quase a totalidade dos colegas direcionando-se para concursos.Neste momento aguardo a oportunidade de estágio através do CIEE no TJ de Niteroi onde pretendo aprender bastante para estar apto a receber carteira de estagiário da OAB quando estiver no sétimo periodo e desta forma acessar ao mercado através de um escritório.

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *