10 erros que advogados inteligentes não cometem

Tempo de leitura: 3 minutos

O curso superior de Direito foi um dos primeiros a ser implantando no Brasil e continua sendo um dos mais procurados. Portanto, a área jurídica é uma das mais concorridas pela grande quantidade de profissionais a disposição do público. Desta forma, evitar erros básicos pode ser o segredo para garantir uma carreira longa e de destaque, especialmente, em um período que o país enfrenta dificuldades em sua economia e ameaça o emprego de milhões. Por isso, confira a seguir dez erros que advogados inteligentes nunca cometem:

1 – Atraso

A pontualidade é uma das características mais cobradas nos profissionais de Direito para reuniões com seus clientes ou com sua equipe de trabalho e até mesmo em compromissos jurídicos. Por isso, jamais cometa o erro primário de chegar atrasado.

2 – Despreparo

A Faculdade de Direito dura, normalmente, cinco anos. Mas, advogado não pode se dar ao luxo de parar de estudar e pesquisar. Então, não faça a bobagem de surgir em qualquer situação sem a devida preparação.

3 – Aparência

O visual também é importante para mostrar que você é um advogado de qualidade. Por isso, não compareça a alguma reunião sem estar com uma vestimenta de acordo.

4 – Organização

A organização é um dos itens mais básicos para garantir que um profissional consiga realmente dar conta de todos os seus afazeres naquele dia, semana e mês. Por isso, não caia na besteira de acreditar que pode ser bem-sucedido de “qualquer jeito”.

5 – Atualização

Quando você se formou na faculdade já existia WhatsApp? Você poderia fazer uma chamada por vídeo do seu celular? Existiam crimes cibernéticos quando você pensou em apostar no Direito? Todas estas perguntas precisam ser feitas por um trabalhador que quer se manter atualizado e útil ao seu empreendimento. Desta forma, um advogado necessita estar sempre se atualizando às inovações tecnológicas que afetam diretamente o mundo ao seu redor.

6 – Finanças

Você gasta mais do que recebe mensalmente? Tem ideia da sua situação financeira? Essa é uma obrigação de todo o brasileiro, mas, se você pretende ter tranquilidade para desenvolver novos projetos a curto ou médio prazo, tem que estar por dentro da sua vida financeira.

7 – Idiomas

Falar um segundo ou terceiro idioma ainda faz uma grande diferença no mercado de trabalho nacional. Você pode garantir ou perder um emprego em função do seu domínio do inglês. Por isso, não se acomode e deixe esse investimento para depois. Aproveite a tecnologia para estudar até mesmo da sua casa e gratuitamente.

8 – Zona de conforto

Ninguém que trabalha no Brasil pode acreditar que esteja em uma situação segura ultimamente. Desta maneira, não pare de se atualizar, pesquisar e procurar por novas experiências em função de uma falsa sensação de conforto.

9 – Fazer o que todo mundo faz

Direito digital. Direito esportivo. Direito ambiental. São apenas três exemplos da área de direito que estão em franca expansão. Sendo assim não se limite a fazer o que todo mundo faz. Seja empreendedor e busque pelo próprio espaço.

10 – Planejamento

Os seus planos podem se adaptar à crise, mas, nunca deixe de elaborar uma forma para lidar com momentos difíceis. Ter um plano de ação para diversos cenários pode ser a chave para garantir uma carreira de sucesso.

Deixou alguma dessas dicas escapar? Acrescentaria algo nesta lista? Conte para nós.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *