Entenda as mudanças no Código de Trânsito

Tempo de leitura: 2 minutos

O Código de Trânsito Brasileiro – CTB está apresentando mudanças que tornam algumas regras mais rígidas para os motoristas, inclusive regras punindo condutores que não respeitam as vagas preferenciais.

Veja as principais regras que foram alteradas e tome cuidado para não ser punido com multas e pontos em sua carteira de habilitação:

Siniav

O Siniav é um sistema que vai exigir a instalação de chips eletrônicos de rastreamento veicular, mas ainda não tem um cronograma definido. O governo federal deve decidir qual será o mecanismo de instalação em todos os estados, montando um sistema de captação de informações em vias públicas e centrais de monitoramento.

Simulador de direção

A partir das mudanças no código de trânsito, os novos motoristas só podem fazer o teste prático depois de cumprir uma carga horária mínima de 25 horas de aulas práticas, sendo pelo menos cinco horas no simulador de direção, com uma hora em condução noturna. Caso a habilitação seja de categoria B, a carga é de 15 horas, mas a do simulador continua sendo a mesma.

Freio ABS

As motos fabricadas a partir deste ano devem vir com freio ABS de série ou sistema de frenagem combinada de rodas. A exigência de implantação, no entanto, será gradativa, com a produção nacional obrigada a implantar o sistema em 10% de sua produção, aumentando para 30% em 2017; 60%, em 2018; e 100% a partir de 2019. O freio ABS só não será obrigatório para os veículos militares, de uso exclusivo em áreas urbanas, e veículos elétricos de baixa cilindrada.

Dirigir usando celular

Para quem for pego dirigindo e usando aparelhos celulares, o novo código de trânsito estabelece multa gravíssima, em vez de infração média, como era considerado antes.

Teste de bafômetro

Motoristas que se recusarem a fazer o teste do bafômetro também serão indiciados pelo crime de embriaguez ao volante, bastando que o oficial de trânsito verifique que o motorista esteja “alterado”.

Alteração de valores de multas

Os valores de multas também foram alterados. Assim, quem estacionar numa vaga para deficientes físicos ou idosos, por exemplo, terá uma multa de R$ 127,69, em vez dos antigos R$ 53,20.

O que você pensa sobre as novidades no Código de Trânsito Brasileiro? Registre aqui a sua opinião.

18 Comentários


  1. Boa tarde,
    Fui autuado pela seca, onde realizei o teste. e deu 0,14 mesmo eu tendo bebido no dia anterior. carteira foi recolhida e a peguei em uma semana. Porém em quase 50 dias não chegou notificação e não está no sistema do detran.
    P.S: não assinei a multa.
    Essa notificação de autuação não deveria chegar em até 30 dias?

    Responder

  2. um embriado mata no transito e tem grana para ficar de boa e um coitado que sofre numa fatalidade sendo totalmente inocente é obrigado ficar na cadeia por não ter o dinheiro da fiança e me digam uma coisa para onde vai todo esse dinheiro de fiança? nunca ouvi dizer para onde é destinado essas verbas que não são poucas!!!!!

    Responder

  3. As novas regras de transito foram criadas por alguém que não tem outro objetivo senão prejudicar a vida dos motoristas brasileiros, incoerente e abusivas, e mesmo sádicas, como que querendo zuar com acara do motorista brasileiro, com o objetivo de encher os bolsos de seus ilícitos criadores e de esvaziar os bolsos da população de motoristas brasileiros!!

    Responder

  4. O principal bêbado, o pior exemplo para o cidadão brasileiro, foi presidente do Brasil e jamais vai parar na cadeia!!!!!!!!!!!!

    Responder

  5. O melhor mesmo seria acabar com a maior praga de todos os tempos: o automóvel.

    Responder

  6. Deve aumentar a rigidez para motoristas que dirigem embriagados. além da multa, suspensão ao direito de dirigir, cadeia já no primeiro acidente fatal…sem possibilidade de responder em liberdade mediante fiança.

    Responder

    1. Concordo, que seja punida da pior forma possível, a pessoa que dirige embriagada, porque não tem dinheiro que pague a vida de uma pessoa.

      Responder

      1. Concordo que seja punido da pior forma possivel, mas por quem mata alguem por intensão ou para roubar, por que tambem não é punido da pior forma, e olha que nem bebo, só questão de justiça, se vc beber e não cometer crime nenhum simplesmente ser pego numa blitz vc é tratado como bandido enquanto isso os bandidos estão soltos matando e roubando, achas certo isso?//

        Responder

  7. Muito bom manter-se atualizado em relação ao código de transito Brasileiro.

    Responder

  8. A sociedade que não se conscientiza de seus deveres deve ser punida com mais obrigações! Multas apenas irão apenar os cidadãos com menor poder aquisitivo. Acho que penalidades mais severas como suspensão por tempos mais elásticos seria mais eficaz. Para os casos gravíssimos como atropelamentos envolvendo embriaguez do condutor, o cancelamento definitivo da habilitação sem atenuantes de primariedade, pois todos estão conscientes de que a bebida é altamente prejudicial ao motorista.

    Responder

  9. Apenas sou contra a industria das multas principalmente a aquelas que tem unicamente o intuito de arrecadação municipal.

    Responder

    1. eu dirijo em media 4500km mes e vejo cada coisa no transito que apovora ai não tem ninguem para multar, aí vc leva uma multa de 5 pontos porque não ligou o pisca em uma esquina que vc só pode dobrar para esquerda não tem outro jeito,
      É justo isso????

      Responder

  10. Acho muito bom,dever de todos é dirigir com prudencia,e passar seguranças aos demais alcolicas,drogado e idoso com idade avançada deveriam ser proibido,nao tem reflexo e nem noçao do transito

    Responder

    1. Não é bem assim,querido eu tenho 72 anos e trabalho como motorista todos os dias em caminhão ,onibús, e tb carro de passeio,e nunca me envolvi em acidentes graves,o que falta é vergonha na cara destes governantes que não nos oferece uma rodovia , estacionamentos,só querem é vender os veiculos para arrecadar impostos.

      Responder

  11. Olá!
    Penso que isso tudo não seria necessário se todos tivessem consciência mas, infelizmente não é a realidade, por tanto acho que ainda estão leves, principalmente quando se trata de tirar a vida de alguém, sei que cada caso é um caso. Até pq já tive oportunidade de presenciar pessoas se jogando na frente dos carros. Para quem tem dinheiro pagar fiança ou multa não é nada!

    Responder

  12. Eu acho que as lei de trânsito tinha que ser mais leve, pq nós pagamos impostos em td aí ter que pagar multas mais caro tbm! Sem falar na habilitação que tá um abisurdo de caro!

    Responder

    1. Salvo algumas excessões, em muitos casos só paga multa quem fizer coisas erradas. Eu mesmo nunca serei autuado por dirigir embriagado. Se for tudo feito dentro da lei entendo que a penalização deva ser muito mais severa.

      Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *