Produtos e serviços que pagar à vista é mais vantajoso para um advogado

Tempo de leitura: 1 minuto

Você já deve ter ouvido alguém falar que o pagamento à vista é muito mais vantajoso, que você se livra de dívidas e que pode conseguir bons descontos quando compra com dinheiro, mas é preciso também lembrar que não é só o dinheiro que caracteriza o pagamento à vista: o cheque e o cartão de débito e crédito também são assim considerados.

Uma das principais vantagens da compra à vista é o desconto que você pode conseguir, e isso vale mais para dinheiro vivo. Quando se trata de cartão, seja de débito, o fornecedor tem o custo do sistema, reduzindo a possibilidade de qualquer desconto e, quando se trata de cartão de crédito, o fornecedor só recebe 30 dias depois da venda, a menos que queira pagar uma taxa à operadora pela antecipação dos valores de venda.

Quando é melhor comprar à vista

Um dos grandes problemas de comprar a prazo é ter dívidas para controlar. A principal causa dos problemas financeiros no Brasil, atualmente, é em virtude do endividamento acima das possibilidades. Comprar à vista, portanto, é sair da lista de possibilidade de inadimplência, um dos mais graves problemas de nossa economia.

Sempre que você compra à vista, você tem a tranquilidade de saber que não terá problemas com seu orçamento, mantendo também maior credibilidade junto ao fornecedor.

De uma maneira geral, não faça a prazo compras pequenas, que podem ser quitadas à vista, a menos que você tenha uma parceria com o fornecedor, podendo ir acumulando os valores durante o mês.

Para um advogado que mantém o seu escritório, a melhor recomendação é pagar à vista todas as pequenas compras, como por exemplo:

  1. Compra de materiais de escritório
  2. Compra de materiais de higiene e limpeza
  3. Contratos pequenos de prestação de serviços, como entregas e serviços de office-boy ou motoboy
  4. Pequenas compras em supermercados ou lojas
  5. Serviços extras de que necessita esporadicamente

Os pequenos gastos do escritório, no entanto, devem ser sempre controlados através do planejamento financeiro do empreendimento, mantendo o controle sobre os gastos e evitando a compra de supérfluos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *