3 desafios que o advogado encontra no Direito Trabalhista

Tempo de leitura: 2 minutos

Estamos vivendo novos tempos nas relações trabalhistas e esse fato ainda não teve um estudo mais aprofundado por parte dos legisladores. O Direito Trabalhista tem buscando modernizar-se por meio da jurisprudência, quando a legislação já deveria estar em consonância com a realidade do mercado de trabalho.

Diante disso, o advogado encontra alguns desafios no Direito Trabalhista, devendo conhecer com profundidade essa área, buscando atender as exigências que se apresentam atualmente:

1. Relações de trabalho alternativas

Nos últimos anos, em virtude do desemprego e pelas regras impostas pela CLT, foram criadas relações de trabalho alternativas, baseadas em autonomia, em terceirização, em cooperativismo, o que retirou dos trabalhadores boa parte das proteções previstas na legislação. O grande desafio do advogado trabalhista é buscar um equilíbrio entre empregados e empregadores para garantir os direitos de ambos.

2. Excesso de custos para as empresas

A CLT e as leis posteriores geraram um sério aumento de custos para as empresas com os seus empregados, fazendo com que algumas não tenham condições de arcar com todos os custos. A evolução das relações no mercado de trabalho caminhou para direções diferentes daquelas estabelecidas pela legislação, inclusive com a criação de empresários individuais, que muitas vezes reivindicam direitos de trabalhador assalariado.

3. Falta de revisão da CLT

A CLT não conseguiu acompanhar as relações de trabalho, não tendendo os trabalhadores de forma diferenciada, como deve ser feito. Os trabalhadores com maior nível de qualificação possuem tratamento idêntico ao proporcionado aos de menor qualificação e salário. A lei não deve tratar de forma igual empregados que trabalham em condições diferenciadas.

Um dos pontos básicos entre os desafios enfrentados pelo advogado de Direito Trabalhista é a falta de revisão da legislação, que deve, nos tempos atuais, também considerar as formas alternativas para a solução dos problemas enfrentados e criados entre empregador e empregado. Embora a Justiça do Trabalho seja mais rápida do que a justiça comum, a situação leva a um acúmulo de processos, muitas vezes de pouca relevância, deixando de dar atenção àquelas que precisam de maiores cuidados.

Você trabalha na área trabalhista? Compartilhe sua experiência conosco aqui.

1 Comentário


  1. O DIREITO DO TRABALHO NECESSITA DE REVISÃO SIM, O MERCADO TAMBÉM, NÃO SE PODE TRAZER TUDO PARA O NEGOCIADO ENTRE PARTES QUE SÃO DÍSPARES DO PONTO DE VISTA ECONÔMICO. O EMPREGADO PRECISA DO EMPREGO, O EMPREGADOR DO EMPREGADO, MÁQUINAS NÃO TRABALHAM ININTERRUPTAMENTE SOZINHAS, O MERCADO NECESSITA DE CONSUMO. SOMENTE ATRAVÉS DO EMPREGO, A FORMA DEVERÁ SER REVISTA E MELHORADA, HAVERÁ TRANSFERÊNCIA DE VALORES DENTRO DA SOCIEDADE, HAVERÁ DESENVOLVIMENTO, TRANQUILIDADE, EVOLUÇÃO, CONHECIMENTO.

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *