Relacionamentos afetivos no trabalho: como lidar com essa situação?

Tempo de leitura: 2 minutos

O relacionamento afetivo no trabalho deve ser tratado de acordo com a cultura e a política da empresa. Trata-se de uma situação que, muitas vezes, é inevitável e o melhor é seguir o que a empresa manda.

Algumas companhias proíbem o relacionamento, enquanto outras não se importam com a questão, deixando que os próprios funcionários usem o bom senso. Mas, em qualquer caso, sempre é bom adquirir algumas condutas para não criar problemas, seja para os parceiros, seja para a própria empresa.

Um relacionamento amoroso pode ocorrer dentro do ambiente de trabalho principalmente porque é ali que passamos o maior tempo e, em matéria de sentimentos, o ser humano ainda não consegue se controlar. O amor extrapola qualquer condição racional e, ao ocorrer dentro do ambiente de trabalho, é necessário apenas manter a situação sob controle.

Evitar situações pessoais no relacionamento afetivo no trabalho

Um ponto em que se deve tomar cuidado é evitar os comentários no ambiente de trabalho, e isso pode ser feito de uma forma totalmente eficaz: comunicando aos gestores que ambos estão mantendo um relacionamento afetivo. Ao deixar as coisas claras, evitar-se-á comentários e fofocas, mostrando que o relacionamento é algo sério e que está sendo respeitado por ambos.

Claro que, a partir daí, ambos devem tomar uma atitude madura, sabendo separar o pessoal do profissional. Uma situação nada fácil, que exige não aparentar intimidade no ambiente da empresa, não utilizar o horário de trabalho para coisas pessoais ou mesmo para discussões sobre o próprio relacionamento.

LEIA MAIS:

Assédio moral no trabalho. Como reagir a essa situação?

Pokémon Go: tome cuidado com esse jogo em ambiente de trabalho

7 distrações que você deve evitar no trabalho

Quanto mais discretos ambos se mantiverem no ambiente de trabalho, mesmo que todos saibam do relacionamento, mais difícil se tornará o namoro interferir na atividade profissional, gerando fofocas e comentários.

Nos últimos anos, as empresas têm mudado sua postura e são raras as que proíbem o relacionamento afetivo entre funcionários. Essa condição faz com que também as pessoas tenham o bom senso e saibam separar o próprio relacionamento de suas atividades.

Portanto, caso ocorra, o relacionamento afetivo no trabalho deve ser conduzido dentro dos melhores preceitos de conduta exigidos de qualquer outro funcionário.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *