O que os principais personagens de Suits nos ensinam?

Tempo de leitura: 6 minutos

A série “Suits” (Homens de Terno, em português), produzida originalmente pelo canal norte-americano USA Network, está em sua sexta temporada, tendo já garantida a renovação para o sétimo ano.

A série conquistou um grande público contando a história de Mike Ross, um jovem estudante que, mesmo sendo dotado de uma inteligência fora do comum, com uma memória fotográfica de fazer inveja a qualquer pessoa, larga a faculdade e ganha a vida fazendo testes para outros estudantes de Direito. Obviamente que isso se passa antes de encontrar Harvey Specter, com quem passa a trabalhar como advogado, mesmo não sendo graduado.

A série mostra situações jurídicas que trazem grande quantidade de informação séria, junto com os acontecimentos muitas vezes engraçados. E esse conhecimento pode ser aplicado na rotina de qualquer advogado em sua realidade diária.

Os personagens principais de Suits

Mike Ross é um gênio em Direito e, embora não sendo advogado, acaba sendo contratado por Harvey Specter para trabalhar em um grande escritório de advocacia de Nova York. Harvey, por seu turno, é um dos melhores advogados do escritório, apresentando-se como um negociador nato e, de certa forma, dominando praticamente todos as áreas do Direito.

O escritório onde Harvey trabalha mantém a fama de aceitar apenas alunos graduados na Escola de Direito de Harvard, e isso faz com que Harvey minta sobre a condição de Mike, dizendo que ele é graduado e que frequentou Harvard. Mike, ao longo da série, passa por diversos casos, até descobrir-se que ele não é um advogado graduado, gerando problemas para a empresa.

Com seu jeito frio e distante, Harvey evita maiores contatos com Mike em assuntos que não dizem respeito ao trabalho. Entretanto, no decorrer da série, os dois estabelecem um forte vínculo de amizade, tornando-se Mike um pupilo de Harvey, que passa a lhe ensinar os mais diversos truques do mundo jurídico.

Na quarta temporada, ambos se tornam rivais, havendo um intenso debate e confronto, o que torna a série ainda mais instigante.

Casos e trapaças são o forte de Suits

Um dos pontos interessantes de Suits é que a série não acompanha o normal de outras, onde a maior parte dos casos é levada para os tribunais. Geralmente é feita uma negociação, antes que o processo chegue à Justiça e, em razão disso, Harvey é mostrado mais como negociador, sendo o melhor de Nova York.

Também é interessante observar que, muitas vezes, para que um determinado caso não chegue aos tribunais, Harvey não pensa duas vezes antes de promover qualquer trapaça. Isso é mostrado desde o primeiro episódio, situação que Mike acaba aprendendo ao longo de sua convivência e até mesmo utilizando quando se torna rival de Harvey.

A temática jurídica, em Suits, tem outra abordagem, focando nas atividades diárias do escritório e na convivência e na disputa entre os personagens. Entre eles, destaca-se Donna, a secretária de Harvey, com quem manteve um caso no passado e que conhece praticamente todas as artimanhas do chefe.

Outros personagens importantes na série são Jéssica Pearson, a cofundadora do escritório, que tem uma relação próxima com Harvey, de quem foi orientadora e patrocinadora de sua graduação. Louis Litt é o personagem cômico, mantendo a posição de homem mau do escritório, mas que é sensível e um tanto desequilibrado, criando os bons momentos de riso em Suits.

A abordagem de Suits é inovadora, quebrando uma velha fórmula de séries sobre advogados. Ela mostra o ambiente corporativo sobre outro ângulo, com questões de corrupção, problemas no setor imobiliário, ações de danos morais e a luta constante para se manter no topo da carreira.

Com tudo isso, Suits mostra diversas lições que podem ser aplicadas na vida real, não se limitando apenas aos advogados:

1. Primeira lição: cuide de sua aparência

Os cuidados com a aparência são mostrados desde o primeiro episódio da série. Pode parecer algo um tanto superficial, mas a boa apresentação é um dos pontos básicos para ganhar a confiança e a simpatia dos clientes.

Apresentar-se asseado e bem vestido, mesmo que não seja com roupas caras, pode fazer toda a diferença na hora de recepcionar um cliente. A forma de se vestir passa a primeira mensagem sobre nossa postura e nosso comportamento no ambiente profissional.

2. Segunda lição: crie aliados e laços profissionais

A série mostra que criar laços e manter pessoas próximas é de grande auxílio para a vida profissional. Harvey e Mike mostram isso de forma clara, estabelecendo um vínculo que pode ser considerado de amizade, mesmo nos momentos em que se defrontam. No decorrer das temporadas, ambos aprendem muito um com o outro, não havendo como determinar, em certos momentos, quem é o mestre e quem é o aprendiz.

A colaboração mútua é importante para qualquer atividade no mundo profissional, trazendo o crescimento de toda uma equipe como um grupo coeso, oferecendo possibilidades de crescimento para todo e qualquer profissional.

3. Terceira lição: nunca desista de resolver um problema

Um escritório de advocacia como o mostrado em Suits apresenta em todos os episódios um novo problema, que pode ser complicado ao extremo, mas que não deixa de ser solucionado. Ao buscar a solução para um determinado problema, temos que nos desdobrar para aprender mais sobre o assunto e encontrar os melhores caminhos para solucioná-lo.

A série Suits deixa isso muito claro, mostrando que, no mundo profissional, tempo é dinheiro e não pode haver desperdício nem de um e nem de outro. Cada profissional é responsável pela solução dos casos apresentados, e não pode desistir diante de qualquer dificuldade.

4. Quarta lição: separe sua vida profissional da particular

Mesmo havendo amizade entre os personagens da série Suits, percebe-se que há uma clara divisão entre a atividade profissional e a vida pessoal de cada um deles. Harvey não titubeia em conseguir a vitória sobre Mike em inúmeras questões, da mesma forma que Mike também faz isso. No entanto, quando precisam um do outro em suas vidas particulares, mostram que são amigos e que podem se ajudar.

LEIA MAIS:

Séries da Netflix que não são de advogados, mas você vai gostar

Advogados na Netflix: entre séries e filmes, a que assistir?

O que a série Narcos nos ensina?

Suits é uma excelente série e deve ser apreciada desde o primeiro episódio, para quem não a conhece. Para quem vem acompanhando os episódios com regularidade, é possível verificar que, além dos grandes momentos de humor e inteligência, existem situações que nos ensinam a tomar atitudes mais práticas em nossa vida diária.

5 Comentários


  1. A série é ímpar, inigualável, amo assistir a todos os episódios, eles nos encorajam a lutar por nossos objetivos, a bradar o lema: ” desistir nunca, render-se jamais”. Ótima série, ótima mesmo.

    Responder

  2. Ok. Bom o texto , em conteudo, objetividade e propósitos. Dizer muito ou o bastante em ouças palavras e decidir , ou levar o cliente a se decidir sem perda de dinheiro ou vantagem e com bom ganho de tempo.Gostei EMS

    Responder

  3. Temos um outro lado que também merece ser questionado; houveram diversas condutas tipificadas como crime cometidas por vários personagens da série.

    Apesar dos personagens serem extremamente carismáticos e a série ser gostosa de assistir; não podemos passar por cima do certo.

    Independente das qualidades, carismas, razões; a advocacia só pode ser exercida por quem efetivamente cursou Direito, fez exame de ordem e foi aprovado. Isso sim é exercício regular da profissão; qualquer coisa que distoe disso; por mais que seja camuflado pelo enredo da série é crime; e ser omisso e conivente também.

    Responder

    1. Por isso é uma serie, se fosse tudo normal e conforme a sociedade não causaria a tensão que a serie proporciona.

      Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *