Você sabe como prospectar novos clientes na área jurídica?

Tempo de leitura: 3 minutos

No intuito de obter sucesso atuando na sua profissão, o advogado deverá sempre ter em mente uma estratégia bem elaborada e muito bem definida, a qual, somada a muito empenho, renderá ótimos frutos.

Nesse passo, relacionando estratégia e advocacia, prospectar novos clientes é uma dica de vital importância, confira abaixo:

Buscar conquistar uma cartela de clientes é muito importante para a sequência dos seus trabalhos, contudo, sempre, frisa-se, sempre respeite o Código de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil e as suas restrições.

A respeito disso é válido mencionar que todos os anos muitos colegas/concorrentes de profissão conquistam a Carteira da OAB em seu município, na sua região, enfim, na sua área de atuação.

Nesse ponto que entra o marketing jurídico e uma visão de empreendedor a fim de tornar suas finanças rentáveis e um trabalho bem prestado frente à sociedade.

Veja mais:

Marketing jurídico: confira dicas para se divulgar sem ferir a ética jurídica

Estes erros de marketing jurídico você não pode cometer

Você precisa estar ciente que se acaso esperar sentado na sala silenciosa e confortável de seu escritório de advocacia, provavelmente, não será muito bem sucedido nessa carreira profissional.

De nada adiantar ficar reclamando que o mercado jurídico está saturado e inviável, se você não tem uma “atitude” para mudar essa suposta realidade.

Frequente os eventos da sua seccional e simpósios dos cursos jurídicos em sua região. Realize palestras e procure demonstrar seu conhecimento para a comunidade, buscando estar em evidência e ter o reconhecimento desejado.

Na proporção em que você se destaca positivamente, muitos convites de palestras e entrevistas vão surgindo e você aos poucos vai solidificando seu nome no mercado.

Além disso, utilize o mundo eletrônico para a publicação de artigos jurídicos de grande relevância para aquele momento, uma vez que não terá uma despesa financeira e não irá ferir nenhuma regra do Código de Ética da OAB.

Ainda, a especialização na sua área de atuação é de vital importância para a confiança dos seus clientes na prestação do seu serviço e indiretamente resultará em uma melhoria na Justiça de nosso país, na medida em que os operadores do Direito vão se qualificando.

Quem ganha é a sociedade!

Saber relacionar-se com as pessoas, obviamente, é essencial para o bom advogado. Na realidade as primeiras ações que aparecerão no seu escritório são relacionadas aos seus parentes e amigos mais próximos.

Ao passo que você presta um serviço digno a essas pessoas, elas vão divulgando indiretamente seu trabalho para outras pessoas que até então não fazer parte do seu círculo de amizade e podem se tornam potenciais clientes.

Portanto, respeite sempre seus clientes e dedique-se intensamente para resolver os conflitos existentes, assim, além de você cumprir sua função social, também estará aumentando sua cartela de clientes em virtude de um reconhecimento profissional.

Outra grande dica e talvez seja uma possibilidade que você jamais pensou é firmar parcerias com outros escritórios de advocacia. Sim, essa parceria pode viabilizar um rendimento financeiro maior para a sua atividade profissional e tornar a defesa de inúmeras pessoas mais qualificada.

Por exemplo, você é especializado em Direito do Consumidor e tem afinidade com outro colega que é especialista em Direito de Família. Provavelmente, frente à concorrência e a necessidade de manter em dias os custos do seu escritório, você irá aceitar trabalhar em uma causa de Direito de Família, área em que você não tem um vasto conhecimento.

Da mesma forma o seu colega aceitará, muito provavelmente, atuar no Direito do Consumidor. Porém, com uma parceira entre ambos os escritórios, através da indicação recíproca dos escritórios, você poderá prestar um trabalho especializado para esses clientes e o retorno financeiro será gratificante para ambos os escritórios.

Portanto, não fique parado esperando os clientes caírem do céu. Vá em busca deles. Seu esforço será reconhecido. Temos sugestões para alavancar a eficiência do seu escritório:

 

8 Comentários


  1. Excelente texto. Como advgado, sempre me preocupei com Marketing e captação sem infringir o Código de Ética.
    Foi por esse motivo que criei um canal chamado advogado de sucesso. Lá há vídeos e dicas para advogados que querem romper na carreira, exercendo a advocacia.

    Responder

  2. Entendo que uma boa e inteligente divulgacào do trabalho do advogado è de suma importància para alcançar o sucesso, mas nao devemos nos esquecer de que o maior patrimônio de um proficional è o seu cliente que deve ser preservado em TODOS os sentidos, pois um clients satisfeito certamente certamente indicarà seus serviços…

    Responder

  3. Excelente matéria e muito gratificante as orientações publicadas, principalmente na parte de Gestão Pessoal que tem por finalidade de estar sempre em processo de avaliação e melhoria para um bom sucesso da empresa.

    Responder

  4. Muito boa iniciativa! Ao tempo em que ajuda os colegas que estão chegando à advocacia (quanto raciocínio não empreendi nesse sentido!), torna-se também nossa conhecida conselheira. O espírito é a colaboração de Clovis Couto e Silva que entende a obrigação como um processo de colaboração. Essa liberalidade certamente não ficará sem a respectiva contrapartida. Sucesso e obrigado.

    Responder

    1. Maravilhoso artigo, estou terminando a faculdade de direito este ano e no próximo vou estar militando na profissional que escolhi para a minha vida; A advocacia. O direito atual precisa de mais iniciativas como o presente artigo que apontem a verdadeira essência do direito que além do papel social e fundamental na sociedade tem como característica basilar o empreendedorismo, o dinamismo e a atividade constante voltada para a cooperação e profissionalização. Obrigado pelas excepcionais dicas.

      Responder

  5. Esta temática é ótima e recorrente para profissionais do direito que, inevitavelmente, precisam manter e aumentar sua carteira de clientes para continuar exercendo suas funções de maneira satisfatória.

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *