Como utilizar a gestão de talentos em um escritório jurídico?

Tempo de leitura: 2 minutos

A gestão de talentos é cada vez mais usada por empresas no geral para a contratação e retenção de talentos dentro do quadro de funcionários, prática que tem ajudado muitas companhias a ter destaque no mercado, ao manter colaboradores engajados, motivados e que desejam crescer junto com a empresa.

No entanto, essa prática também é possível no meio jurídico. Muitos escritórios ignoram as novas práticas de gestão de pessoas por não acreditarem que este tipo de investimento possa trazer ganhos a longo prazo para a empresa. Entretanto, esse pensamento está cheio de equívocos e o os escritórios de advocacia tem muito a ganhar com uma gestão estratégica de pessoas.

Colaboradores

A gestão de talentos precisa ser praticada em todos os níveis da empresa. É necessário que haja uma gestão de pessoas eficiente para entender diversas demandas dos colaboradores, como:

  • Satisfação com o próprio trabalho
  • Áreas que podem ser melhoradas
  • Expectativas dos funcionários
  • Setores potencialmente frágeis
  • Desejo de crescimento

Ao identificar esses fatores, o escritório poderá alocar melhor seus colaboradores para que eles tenham um aumento da produtividade ao trabalharem com uma estrutura mais adequada e mais motivados.

Por exemplo, um funcionário que trabalha na área de direito tributário no escritório tem um desempenho mediano. Durante as entrevistas realizadas para identificar o clima organizacional foi possível constatar que ele se identifica mais com a área de direito trabalhista e com isso o escritório pode realocá-lo em uma área que ele terá mais satisfação e motivação para trabalhar, deixando de ser um colaborar mediano e passando a ser um funcionário exemplar.

Caso isso possa ser realizado em toda a empresa serão claras as vantagens de atuar com funcionários mais satisfeitos e que se empenharam mais por verem que o escritório acredita em desenvolver seus potenciais.

Curso de Liderança

A gestão de talentos irá ajudar a identificar potenciais líderes dentro da equipe, o que vai ajudar a empresa a preparar melhor essas pessoas, um exemplo pode ser a realização de curso de liderança. Dessa forma os potenciais líderes estarão mais preparados para lidarem com suas equipes e identificar possíveis atritos, oportunidades de crescimento, novas lideranças, enriquecendo a cultura organizacional do escritório e motivando mais seus colaboradores.

Post Colaborativo por Grupo Kronberg

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *