Como as redes sociais podem ajudar o profissional de Direito?

Tempo de leitura: 3 minutos

Ao que tudo indica, o ano de 2016 também será turbulento para a maioria dos setores da economia brasileira. Desta maneira, os profissionais precisam estar atualizados e preparados para lidar com um mercado em constante mudança.

Obviamente, essa necessidade de rápida adaptação já está sendo uma exigência das empresas e escritórios de advocacia para a contratação de novos funcionários por causa da revolução digital, ainda em andamento.

Sendo assim, todas as pessoas tem a obrigação de lidar com as últimas novidades tecnológicas e aprender a tirar o melhor proveito de aplicativos, softwares e dispositivos eletrônicos a fim de otimizar o seu desempenho profissional.

Basicamente, o mundo está conectado todo o tempo e quem deseja se destacar, atualmente, não pode ficar fora dessa realidade. Fica evidente que as redes sociais ocupam uma posição de destaque dentro desse cenário. E mesmo um advogado pode ter grandes benefícios para a sua carreira se souber explorar essas variáveis.

Redes sociais podem facilitar a vida de um advogado

1 – Publicidade positiva para o seu escritório de advocacia

A maioria das empresas já percebeu que estar nas principais redes sociais é praticamente uma obrigação. Afinal, mesmo que você não conte com uma representação oficial, as pessoas vão falar sobre os serviços e/ou produtos da mesma forma.

Então, a alternativa mais viável e produtiva é se fazer presente e tentar reunir todos esses relatos em uma única vertente. E essa realidade também serve para os escritórios de advocacia ou mesmo para os profissionais autônomos.

Muitas pessoas já aproveitam os seus perfis nas novas mídias para fazer pesquisas quando precisam de algum serviço. Além disso, você pode usufruir de todas as potencialidades do Twitter, Facebook, Instagram, entre outras, para gerar uma publicidade positiva e bastante acessível para o seu empreendimento. Vale lembrar que para se cadastrar e utilizar as redes sociais não é cobrado nenhuma taxa. Entretanto, deve-se sempre respeitar o disposto no Código de Ética da OAB!

2 – Comunicação ágil com seus clientes

Você pode ter um perfil pessoal e uma página profissional dentro das principais redes sociais. Desta forma, tem a possibilidade de estar em contato com seus clientes de maneira mais discreta.

Além disso, você ainda tem a chance de marcar e realizar uma reunião totalmente on-line há quilômetros de distância. Você está viajando e não pode desmarcar o encontro com um cliente importante? Faça através de ferramentas sociais e coloque todas as pendências em dia.

3 – Responsabilidade nas redes sociais

Além de todas as vantagens, as redes sociais também contam com algumas implicações, especialmente, para profissionais que precisam manter as suas reputações impecáveis para ganhar a confiança de seus clientes.

Você necessita manter o bom senso para administrar os seus perfis pessoais nas redes sociais. Mesmo que você limite as configurações de privacidade e deixe tudo apenas para os seus amigos, a partir do momento que aceita um cliente ou que algum conhecido pense em contratar os seus serviços, as suas postagens podem pesar positiva ou negativamente. Você deve evitar publicações ofensivas, preconceituosas ou aquelas fotos mais embaraçosas. Nunca se esqueça de pensar um pouco antes de compartilhar, curtir ou comentar em alguma postagem polêmica.

Você já está utilizando as redes sociais ao seu favor?

Caso tenha cadastro no Jurídico Correspondentes, lembre-se de que é possível compartilhar seu perfil profissional personalizado.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *