Amigo dos seus subordinados? Saiba como lidar com essa situação

Tempo de leitura: 2 minutos

A velha máxima de que “amigos, amigos, negócios à parte” deve ser aplicada quando ocorre de um chefe ser amigo dos seus subordinados. A melhor maneira de manter a relação de amizade entre patrão e subordinados é separar bem os assuntos pessoais dos profissionais.

Em levantamento feito recentemente por uma instituição voltada para as relações trabalhistas, pelo menos 48% dos pesquisados consideram que a amizade com o chefe pode prejudicar a vida profissional. Desses, mais de 30% consideram que a maior parte dos amigos confunde a relação de trabalho com a vida pessoal, enquanto que 52% acham que a amizade não atrapalha em nada na vida profissional, podendo mesmo ser útil para melhorar o ambiente de trabalho.

É preciso, no entanto, dar atenção a dois pontos diferentes na questão de amizade no trabalho: existem profissionais que são contratados pela indicação do próprio chefe, já que possuem laços antigos de amizade; enquanto outras se formam no próprio ambiente de trabalho.

Desde que não haja interferência entre amigos de longa data, a amizade poderá facilitar o diálogo e melhorar as condições de trabalho. O que não pode e não deve ocorrer em qualquer um dos casos é que haja favorecimentos em virtude da amizade, o que pode gerar conflitos entre os demais membros da equipe, gerando uma competitividade negativa.

Leia mais:

É o chefe? Confira cuidados que você deve ter com seus subordinados

5 fatos sobre você que seu futuro chefe vai gostar de fazer

Quer pedir aumento ou promoção? Saiba como falar com o chefe

O que o chefe amigo deve fazer

Se você for amigo de seus subordinados, tenha sempre atenção com alguns pontos no relacionamento:

  • Tenha cuidado no relacionamento com subordinados que se mostram muito amigos: essa conduta pode esconder más intenções.
  • Não comente assuntos estratégicos da empresa com subordinados amigos, mesmo quando fora do trabalho. Comentar assuntos estratégicos pode colocar o cargo em risco.
  • Nunca promova um subordinado em virtude da relação de amizade. O empregado deve mostrar competência para assumir uma nova função. Caso não consiga cumprir com novas responsabilidades, o chefe é quem será prejudicado.
  • O relacionamento dentro do trabalho deve ser mantido de forma profissional, sem qualquer mostra de intimidade.
  • As coisas devem ser bem definidas para que não seja questionada sua autoridade em momentos críticos, mantendo sempre a condição de chefe e subordinado para que uma crítica não seja levada para o lado pessoal.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *