Vai comprar carro usado? Confira detalhes para ficar de olho

Tempo de leitura: 2 minutos

Antes de comprar um carro usado é preciso conferir todos os detalhes possíveis para fechar um bom negócio. Seja de qualquer origem, de uma concessionária ou de uma pessoa física, é preciso, antes de qualquer coisa, conseguir alguma recomendação para saber se você pode ou não confiar na compra.

Porém, não basta somente isso. Você precisa ficar de olho também em outras situações, como vamos informar a seguir:

1. Escolha o carro de acordo com sua necessidade

Você deve se preocupar em escolher um bom modelo, mas não precisa necessariamente possuir a mais nova tecnologia. O mais importante, na compra de um carro usado, é saber qual sua necessidade. Isso inclui saber se sua família precisa de um carro maior, se você vai usar o carro para viagens mais longas, se ele terá muito uso durante a semana, etc.

2. Nunca antecipe dinheiro

Antes de tudo o que precisa fazer para a escolha do carro, não antecipe qualquer valor. Vistorie tudo o que precisa sem envolver dinheiro. Você é o comprador e tem todos os direitos ao seu lado.

3. Carro usado fora de linha

Ao escolher seu carro usado, evite comprar veículos fora de linha ou os que devem sair de linha em pouco tempo. Um carro fora de linha não tem mais peças produzidas e sua manutenção pode sair cara.

4. Vistorias necessárias

Olhe a quilometragem do veículo e, de acordo com ela, você saberá se precisa ou não de uma vistoria mais detalhada. Veja o estado dos pneus, incluindo o estepe, e confira se a bateria tem o selo do INMETRO na parte de cima.

LEIA MAIS:

Deixei de pagar o financiamento do carro. O que acontece?

Cuidados que você deve tomar antes de financiar seu carro

Fui pego na blitz da lei seca. O que devo fazer?

5. Depois da vistoria, leve a um mecânico

Depois de escolhido o carro usado e de ter feito sua vistoria, leve a um mecânico de sua confiança. Peça a ele para verificar o motor, a lataria, a suspensão, faça um test drive com ele para saber se tudo está de acordo com o que você precisa. Se surgir algum problema menos sério e valer a pena, negocie o valor.

6. Nunca faça negócios à noite ou em dias de chuva

A vistoria do carro deve ser feita durante o dia, à luz do sol. Se você for verificar à noite ou em dias nublados, muitos detalhes poderão passar despercebidos. Depois que você fornecer o dinheiro, vai ficar mais difícil reclamar de defeitos não vistos na compra.

7. Investigue a origem do veículo

Peça o documento do carro e faça uma pesquisa pela internet. Existem sites que podem informar sobre antigos donos, se o carro já foi táxi, se houve sinistros com ele, impostos atrasados ou mesmo se o carro é roubado.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *