5 vantagens de trabalhar na correspondência jurídica para quem já é advogado

Tempo de leitura: 2 minutos

A correspondência jurídica é uma atividade onde um profissional presta serviços a outro profissional/escritório de advocacia, localizado em diferente comarca, atendendo as necessidades de andamento de processos que, de outra forma, trariam complicações para o contratante de serviços.

Hoje a correspondência jurídica é uma atividade bastante comum, tanto nas comarcas onde os escritórios estão localizados, quanto no entorno ou em outras cidades e Estados.

Trata-se de uma atividade direcionada a advogados autônomos, escritórios de advocacia e até mesmo estudantes de Direito, com serviços que vão desde simples demandas individuais a processos mais exigentes. Através da correspondência jurídica é possível a um escritório atender com eficiência e qualidade seus clientes de outra comarca, de outras cidades ou até mesmo de outros Estados.

Acompanhe as vantagens de trabalhar na correspondência jurídica para quem já é advogado formado e com registro na OAB:

1. Contatos

O aumento considerável na abrangência da atuação profissional local, regional e nacional traz como consequência para o advogado o aumento de conhecimentos e de novos contatos para sua carteira de clientes.

2. Rentabilidade

Como contratado na correspondência jurídica, o advogado consegue aumentar a rentabilidade de seu escritório, possibilitando dar conta de todas as despesas, com maior lucratividade.

3. Melhor planejamento

A necessidade de atendimento dos serviços de correspondência jurídica traz ao advogado a necessidade de maior organização, com melhor planejamento das atividades e, em consequência, maior credibilidade para sua atividade.

LEIA MAIS:

É possível conciliar correspondência jurídica com um escritório próprio?

É possível viver apenas da correspondência jurídica?

Como a correspondência jurídica pode se tornar seu primeiro emprego

4. Melhor apresentação

Diante das necessidades de controle e planejamento, com o aporte de rendimentos da correspondência jurídica, o advogado consegue melhor apresentação para o seu escritório, que, assim, poderá progredir com maior rapidez.

5. Aumento da produção

Com o aumento de atividades para o escritório, o advogado contratado terá aumento em sua produção, exigindo de si próprio maior conhecimento das áreas em que está trabalhando e possibilitando o crescimento de seu quadro de pessoal, tornando seu próprio escritório mais destacado entre os concorrentes.

O trabalho exercido na correspondência jurídica só traz vantagens para o advogado contratado, seja pela exigência no aprimoramento de seus conhecimentos, seja para o desenvolvimento do seu próprio escritório. Diante da concorrência acirrada, trabalhar como correspondente jurídico faz do advogado um profissional mais conceituado e mais propenso a vencer em sua carreira.

2 Comentários


  1. Olá, poderiam me enviar dicas sobre iniciar aqui no site, para a minha cidade não está aparecendo nenhuma demanda, não estou certo de que receberei correspondências. Att

    Responder

  2. Sou Bacharel em Direito,porém,não tenho OAB.É possível trabalhar como Correspondente Jurídico?Quais as chances que tenho de ser chamado por algum profissional da área?.

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *