Vale a pena tirar a carteira do OAB antes de me formar?

Tempo de leitura: 5 minutos

Segundo os últimos editais do Exame de Ordem da OAB, o estudante de Direito que estiver matriculado nos últimos dois semestres do seu curso, já pode fazer a inscrição e prestar o exame para conseguir sua carteira da OAB.

Sendo aprovado, a retirada do certificado de aprovação deve ser feita depois de comprovar que estava matriculado nos dois últimos semestres. Desta maneira, mesmo não tendo terminado o curso, o estudante de Direito já pode ter sua carteira da OAB, permitindo que possa exercer qualquer atividade na área em sua condição de estagiário ou de correspondente jurídico, adiantando a aquisição de experiência e conhecimento prático como advogado.

O estudante de Direito aprovado na OAB antes da conclusão do curso não poderá exercer a atividade como advogado, sendo exigido que apresente seu certificado de conclusão do curso, mas a possibilidade de já estar aprovado já possibilita que possa começar a encaminhar sua carreira.

Tirar a carteira da OAB antes de formar cria boas condições para o novo advogado

O estudante de Direito, no final de seu curso, enfrenta inúmeras preocupações. Desde a elaboração da monografia, o encerramento dos estágios de que está participando, até as incertezas apresentadas pelo mercado jurídico, o último ano do curso pode ser um ano de incertezas e dúvidas.

No meio de todas as obrigações dessa fase tão complicada, o estudante de Direito ainda precisa se preocupar com o Exame da Ordem, que tem, a cada ano, reprovado maior percentual de bacharéis. Isso porque, naturalmente, a OAB é bastante exigente com relação à aprovação de novos advogados.

O bacharel precisa comprovar que tem conhecimentos suficientes para atuar como advogado e é necessário demonstrar que possui esse conhecimento. No entanto, se ele, em meio às suas preocupações, começar a se preparar devidamente, prestando o exame e conseguindo aprovação, o resto de seu tempo poderá ser dedicado à consolidação de sua carreira.

Ter a carteira da OAB permite começar a fazer o networking

Sem ter que se preocupar com o Exame da Ordem, o estudante terá mais tempo para se dedicar à prática do Direito. Assim, começa a construir o seu networking e amplia sua rede de contatos, além daqueles que já conseguiu na faculdade, como professores e estudantes, ou durante o período de estágio, com outros advogados e servidores públicos.

Garantindo a carteira da OAB, poderá começar a atuar de igual para igual com outros profissionais da área, participando de congressos e encontros, e anunciando-se já como um advogado aprovado pela Ordem.

A carteira da OAB abre as portas do mercado

Conquistando antes da formatura a carteira da OAB, o estudante de Direito pode ter mais portas abertas no mercado de trabalho. Além de ter mais condições para se dedicar aos novos contatos, aumentando seus conhecimentos profissionais, o advogado recém-formado terá mais chances de conseguir um bom emprego, se é essa sua intenção no início de carreira.

As possibilidades são muitas, depois que o estudante ou advogado recém-formado está de posse de sua carteira da OAB: poderá pensar em abrir seu próprio escritório, participar de uma sociedade com outros advogados ou mesmo investir em cursos de especialização, melhorando seu currículo e definindo os rumos de seu futuro profissional.

Veja mais

5 vantagens da correspondência jurídica para um estudante de Direito

5 dicas para aproveitar melhor seu curso de Direito

Dicas para se preparar para a 2ª fase do Exame da OAB

Com a carteira da OAB, é possível ser advogado correspondente

O aprendizado da prática jurídica é praticamente outro curso que o advogado recém-formado deve fazer. Tanto como estudante, em sua fase de estágio, quanto depois de formado, é necessário participar de atividades em sua área para colocar em prática tudo o que estudou.

Existem atividades que podem ser feitas por um estagiário, como diligências, protocolos de processos, cópias e outras, mas, participar como advogado numa audiência, por exemplo, só pode ser feito com a carteira da OAB.

O trabalho como advogado correspondente é uma das melhores maneiras de conseguir conhecimento prático na atividade jurídica e, com a carteira da OAB, logo depois de formado, o novo advogado poderá oferecer seus serviços, conseguindo também rendimentos que irão possibilitar sua manutenção enquanto procura seus próprios clientes.

No último ano da faculdade ou logo depois de formado, uma das melhores alternativas é inscrever-se na plataforma do Jurídico Cero para oferecer seus serviços. Através dessa atividade, oferecendo seu apoio a outros escritórios ou advogados, além de ampliar ainda mais sua rede de contatos, o advogado ou estudante aprovado pela OAB terá condições de aprender a prática jurídica e conseguir maior experiência.

Se o estudante não passar no Exame, deve tentar de novo

Contudo, como sabemos que o Exame da Ordem é bastante difícil para o maior número de estudantes, mesmo se não passar no primeiro exame, não deve ficar preocupado. A OAB realiza o exame três vezes por ano e um estudante no último ano tem essas três tentativas para conseguir sua aprovação.

Para o estudante, o primeiro exame será uma experiência importante. Caso consiga aprovação, mostra já estar preparado para ser advogado e, se não conseguir, terá condições de estudar exatamente aquilo que ainda precisa.

1 comentário


  1. É possível fazer o exame da OAB, no 7º período?

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *