As principais reclamações de consumidores no Brasil

Por | 2018-03-14T20:43:23+00:00 25 de julho de 2016|

Entre as principais reclamações dos consumidores no Brasil, sem dúvida alguma, estão aquelas relacionadas com as empresas de telefonia. No ano de 2015, o Procon, em todas as suas unidades do país, recebeu 2,64 milhões de pessoas com os mais diversos tipos de reclamações, e entre todas elas, pelo menos 65% foram voltadas a assuntos relacionados com as empresas de telefonia.

Dentre as reclamações recebidas pelo Procon, 13,4% foram relacionadas às empresas de telefonia celular e 9,5% com empresas de telefonia fixa.

A média mensal de consumidores atendidos no Procon durante o ano de 2015 foi de 220 mil consumidores, com grande maioria indo fazer algum tipo de reclamação, embora uma pequena parte tenha ido atrás de algum tipo de informação ou de consulta.

No segundo lugar no ranking das principais reclamações dos consumidores brasileiros estão o cartão de crédito, com 7,3%, vindo as empresas de TV por assinatura em terceiro, com 6,9%, e os bancos comerciais, que atingiram 5,7% das reclamações.

A maior parte das reclamações atendidas pelo Procon são relacionadas a problemas de cobrança, num total de 39,2%, seguidos de contratos, com 17,3% e, finalmente, com a má qualidade dos produtos ou dos serviços, índice que atingiu 15,9%.

Empresas que mais foram reclamadas no Procon

O ranking das empresas apresenta principalmente o nível de preocupação das empresas com os consumidores ou usuários. As empresas que mais foram reclamadas no Procon são lideradas pela Claro, pela Embratel e pela NET, no setor de telecomunicações.

Com relação aos bancos, o Itaú e o Unibanco lideram a lista e, nas casas comerciais de varejo, estão, pela ordem, o Ponto Frio, as Casas Bahia, o Extra e o Pão de Açúcar. A Samsung é a primeira entre as indústrias que mais tiveram reclamações, enquanto que a Eletropaulo lidera nos serviços de concessão de energia.

A saúde suplementar tem na Qualicorp o maior número de reclamações, enquanto, entre as companhias aéreas, a TAM lidera o ranking.

Ao considerarmos empresas, independente de setor, as que mais foram alvo de reclamações é o grupo formado pela Claro, Embratel e Net, com 204.145 reclamações, seguidas pela Oi, com 200.659, pelo grupo da Vivo, Telefônica e GVT, com 165.048, o Banco Itaú, com 92.934 e, finalmente, a SKY, com 89.273.

Precisa de apoio jurídico? Conheça o Advogado Online, serviço do Jurídico Certo para facilitar a sua vida na busca por um profissional qualificado.