Advogados devem entender e usar técnicas de SEO

Por | 2018-03-16T13:11:41+00:00 16 de fevereiro de 2018|

Que SEO significa “Search Engine Optimization”  e que as técnicas de SEO têm como objetivo aumentar a quantidade e a qualidade do tráfego de um site ou blog nos resultados orgânicos dos mecanismos de busca, você provavelmente já sabe. Mas, neste post, gostaríamos de esclarecer exatamente como funciona essa prática e porque você, advogado, deve começar a praticá-la.

Como funciona o SEO?

O Google e outros sistemas de pesquisa usados na internet possuem um rastreador que reúne todas as informações sobre a pesquisa feita pelo usuário. Nesta pesquisa, o próprio mecanismo seleciona todos os endereços possíveis, alimentando, então, um algoritmo que vai combinar os dados com a consulta feita pelo usuário.

Há diversos fatores que alimentam o algoritmo para oferecer os resultados esperados pelo usuário e, segundo especialistas, esses fatores possuem uma classificação de acordo com sua importância.

Quando um produtor de conteúdo posta qualquer artigo na internet, ele deve trabalhar com as técnicas de SEO para que o algoritmo seja corretamente alimentado, trazendo o texto nos resultados da pesquisa feita pelo usuário.

A otimização em SEO deve conter as técnicas, como: palavras-chave, descrições de meta, títulos e subtítulos e tags para levar ao leitor o artigo postado e oferecer o que ele está buscando. Quanto mais otimizada estiver página, mais facilmente ela chegará aos primeiros lugares na pesquisa.

Sabe-se que o usuário dá mais atenção, no máximo, às duas primeiras páginas da listagem apresentada pelo mecanismo de busca. Por isso, para se destacar, seu site precisa estar o mais amigável possível, tanto para o leitor final quanto para os mecanismos de busca.

Os algoritmos dos buscadores são constantemente atualizados, com o objetivo de oferecer ao usuário a melhor experiência possível na internet. Nos últimos anos, por exemplo, o Google lançou diversas atualizações, que definem regras sobre como estruturar os sites. É necessário ficar sem atendo a essas atualizações para adequar a otimização de seu site.

O advogado deve entender e usar SEO

Quando o advogado se posiciona como também empresário torna-se inevitável que ele passe a usar técnicas já comum entre as empresas em geral. A otimização de páginas é uma delas. Desta forma, se você tem um site ou um blog (e deveria ter! Inclusive, já falamos aqui sobre a importância de o advogado produzir conteúdo) é extremamente importante que você entenda e use SEO.

Fazendo bom uso dessas técnicas é possível que você consiga atingir um público bem segmentado. Afinal, se a pessoa usou um mecanismo de busca para encontrar algo relacionado a determinado assunto e encontrar o seu site ou artigo, vai aumentar suas chances de conquistar aquela pessoa.

Por exemplo, se você é um advogado criminalista e produzir algum conteúdo sobre regime semi-aberto e a pessoa estiver procurar por informações sobre o assunto e te encontrar, as chances de novos clientes é enorme.

Se você já usa as técnicas. Deixe aqui nos comentários suas dicas para o pessoal que está começando agora.