Seis vezes em que Saul Goodman agiu MUITO errado em Breaking Bad

Tempo de leitura: 4 minutos

Considerada por muitos a melhor série da televisão desde o encerramento da trama de Os Sopranos, Breaking Bad apresentou histórias, enredos e personagens inesquecíveis durante os seus cinco anos de produção. O sucesso rendeu um spin-off (seriado estabelecido no mesmo universo) focado no início da carreira do questionável advogado, Saul Goodman.

A série, que já conta com duas temporadas completas, recebeu o nome da frase de efeito do próprio personagem: Better Call Saul (Melhor Ligar para Saul). A trama começa seis anos antes de Breaking Bad, em 2002, mostrando a trajetória de Jimmy McGill, um jovem advogado que ganha a vida realizando pequenas trapaças. Contudo, Jimmy resolve abandonar a cidade e trabalhar com o irmão em um famoso escritório de advocacia.

Confira o trailer da série Better Call Saul

Ao mesmo tempo em se dedica a cuidar do irmão, portador de uma rara doença, Jimmy também se revela um profissional que dribla a lei para atender aos interesses de seus clientes até se transformar no famoso Saul Goodman. Contudo, a renomada Breaking Bad e a sua sucessora Better Call Saul tendem a ser bastante interessantes para advogados ou jovens que pretendem seguir o curso universitário mais antigo do Brasil.

Afinal, as duas produções para televisão se tratam de histórias de extrema qualidade e que mostram exemplos do que não deve ser feito por alguém que deseja construir uma carreira de sucesso, mas primando pela ética dentro do direito.

Então, confira alguns momentos da trajetória de Saul Goodman que são, pelo menos, questionáveis em Breaking Bad.

#1

Quando Jesse Pikman é detido durante uma emboscada da polícia pela venda de metanfetamina, ele e Walter White (protagonista de Breaking Bad) entram em contato com Jimmy McGill, ainda pouco conhecido como Saul Goodman, para realizar a sua defesa legalmente.

No primeiro contato, Saul sugere a utilização de outra pessoa como bode expiatório no caso. Além disso, o advogado propõe que o site criado pelo filho de Walt, savewalterwhite.com, seja destinado para lavagem de dinheiro através de uma onda de doações falsificadas oriundas do dinheiro da metanfetamina.

#2

Depois de entrar em confronto com Walter White, Saul acaba abandonando a representação de Jesse para ter lucros muito maiores ao retornar o procedimento de lavagem de dinheiro da droga.

#3

Quando Hank estava prestes a descobrir uma prova bastante contundente contra Walter e Jesse a respeito da produção de metanfetamina, Saul utiliza um dos seus funcionários mais antigos para se passar por um policial para ludibriar Hank.

Hank recebeu a notícia falsa de que a sua esposa teria ficado seriamente ferida em um grave acidente de carro. O objetivo era que Jesse e Walter tivessem tempo suficiente para destruir tudo que pudesse ligá-los a preparação da droga.

LEIA MAIS:

5 séries que todo acadêmico de Direito deve assistir

O que os personagens de Suits nos ensinam?

O que a série Narcos ensina para profissionais jurídicos?

#4

Para forçar a venda de um empreendimento necessário para a lavagem de dinheiro para encobrir os negócios de Walter White, Saul enviou um capanga para realizar uma auditória ambiental falsa no local. Por causa desta auditória, o empreendimento corre o risco de se interditado por tempo permanentemente, forçando o seu proprietário a vendê-lo por um valor extremamente baixo.

#5

A escalada de violência de Walter White partiu de um tímido professor de escola com uma vida mediana, só que sem desrespeitar as leis em vigor. No entanto, Walter começa a sofrer com um câncer severo e sua vida muda radicalmente ao abandonar um salário miserável para se transformar em um verdadeiro rei do crime.

Com o passar do tempo, o próprio Saul Goodman esquece o passado nebuloso e os pequenos trambiques para fazer tudo o que puder para atender as necessidades de seus clientes, mas nada que se aproxime do comportamento violento de Walter. Todavia, isso não lhe impede de indicar matadores de aluguel, se envolver com um envenenamento e ajudar a esconder procurados pela justiça.

#6

Com a descoberta de que Walt era Heisenberg e as mortes de Hank e Gomes, Saul Goodman decide recomeçar com uma identidade nova. Antes disso, ele e Walter passam vários dias escondidos em um porão enquanto espera pela sua chance de fugir.

Walt pede a indicação de alguns assassinos de aluguel para se livrar dos capangas de Hank, mas escuta de seu advogado que a melhor alternativa seria se entregar de uma vez.

O protagonista de Breaking Bad tenta ameaçar o seu “conselheiro”, mas, rompe em um ataque de tosse severo. Com todos os arranjos feitos, Saul deixa tudo para trás em busca de uma nova vida na cidade de Omaha, no Nebraska.

Enquanto Jimmy McGill tenta escapar de seu passado problemático nos primeiros episódios de Better Call Saul, o experiente Saul Goodman já abraçou o estilo controverso de atuar como advogado durante os cinco anos de Breaking Bad.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *