7 melhorias que advogados podem fazer nas Redes Sociais

Por | 2018-02-05T12:04:55+00:00 5 de fevereiro de 2018|

O marketing jurídico pode e deve ser feito pelas redes sociais também. Inclusive já falamos aqui no blog sobre a importância de um profissional jurídico estar presente nessas redes.

Neste post, nossa intenção é dar dicas simples e objetivas, que vão te ajudar, desde já, a melhorar seu uso dos perfis nas mídias sociais e, consequentemente, aumentar seu alcance e visibilidade. Confira:

1.   Escolha corretamente as redes sociais

As redes sociais alcançam grande número de pessoas e o advogado deve escolher trabalhar com aquelas que possam oferecer melhores resultados. A melhor rede social é aquela que usamos com maior frequência e que nos oferece um intercâmbio mais rápido com as pessoas. É preciso saber escolher as redes sociais que atinjam diretamente o público-alvo.

2.   Separe o perfil profissional do pessoal

O marketing jurídico deve ter um perfil específico nas redes sociais, separado do perfil pessoal. Assim, poderá ter informações diretas, relacionadas com sua atividade, sem misturar com fotos de famílias e amigos. Além disso, não incomoda seus amigos, postando apenas conteúdo de trabalho.

3.   Crie uma fanpage para o escritório

O Facebook é uma das redes sociais de maior alcance e suas regras são claras com relação ao uso da linha de tempo pessoal para obter lucros. O escritório de advocacia, portanto, deve criar uma fanpage para trabalhar melhor o marketing jurídico. Isso também ajudará com relação a sugestão anterior.

4.   Tenha cuidado com a linguagem

A linguagem nas redes sociais deve ser clara e inteligível por todas as pessoas. O advogado deve ter em mente que está escrevendo para pessoas de todos os níveis sociais e culturais e tudo o que postar deve estar ao alcance de seus leitores.

Usar linguagem jurídica não vai atrair leitores. Pelo contrário, provavelmente irá afastá-los. O uso de linguagem jurídica deve ser feito junto aos tribunais, os leitores precisam de fatos claros, simples e lógicos.

5.   Responda aos comentários

Para criar maior interação com os leitores, é necessário responder todos os comentários nas redes sociais. Quando não houver nada a dizer, um simples “curtir” vai demonstrar ao leitor que o proprietário do perfil ou da fanpage prestou atenção àquilo que ele quis comentar.

6.   Tenha também um blog

As redes sociais normalmente servem para pequenos comentários ou para chamar a atenção para algo mais importante. Para postar conteúdos mais aprofundados e relevantes, é preciso manter um blog.

O conteúdo do blog, evidentemente, deve ser divulgado nas redes sociais. Assim o advogado pode mostrar conhecimentos específicos, suas habilidades e experiência, atraindo pessoas que, no futuro, poderão se tornar clientes.

7.   Seja constante nas redes sociais

Todas essas estratégias só terão resultado se o advogado mantiver sua presença de forma constante nas redes sociais. Para isso, é preciso separar um tempo todos os dias para responder comentários, fazer postagens e manter contato com os leitores.

Dica extra: Siga páginas relevantes da área jurídica, compartilhe conteúdos que achar interessantes para outras pessoas da área. Isso demonstrará que se mantém atualizado também sobre os mais diversos assuntos do setor.

Só para constar: a gente sempre posta conteúdo atualizado. 😉 Se ainda não curte nossa página, tá perdendo, viu.