Expectativas de empresas que contratam escritórios de advocacia

Por | 2018-03-16T13:06:11+00:00 19 de fevereiro de 2018|

As expectativas que as empresas têm ao contratar um escritório de advocacia, podem ficar um pouco distante da própria realidade. Mesmo após todas as reuniões possíveis para definição das atividades, a eficiência pode ser vista sob formas diferentes.

Um ponto, no entanto, é comum para todos: é necessário que a contratação apresente resultados positivos. Ou seja, o investimento deve ser produtivo para a empresa e lucrativo para o escritório.

Atualmente, ao contratar escritórios de advocacia, as empresas buscam a prevenção de litígios. Não ter qualquer processo na Justiça e agir dentro do máximo possível de legalidade são os principais objetivos. Por isso, os advogados contratados devem apresentar um trabalho muito mais preventivo, orientando os administradores nas tomadas de decisão.

Sintonia entre escritórios e empresas

Mesma com a prevenção, caso ocorra processos e necessidade de intervenções jurídicas, os escritórios de advocacia precisam adotar medidas rápidas, reagindo imediatamente a possíveis crises. Para isso, é importante estabelecer uma sintonia fina com os administradores, para que possam, inclusive, agir de forma proativa em alguns casos.

Aliás, a proatividade também está entre as expectativas das empresas que ao contratar assessoria jurídica. Quando é possível aos advogados analisarem cada situação corrente, buscando melhorar processos e conduzi-los de forma que entrem num círculo virtuoso, em busca da melhoria contínua, esse procedimento é visto com muito “bons olhos”.

Claro, também é esperado que os advogados do escritório de advocacia contratado estejam disponíveis o máximo possível. Em outras palavras, os advogados têm a responsabilidade de manter a segurança jurídica da empresa, oferecendo à empresa a certeza de que estão fazendo exatamente o que é esperado nesse contrato de prestação de serviços.

Além disso, essa sintonia é mais valorizada pelos administradores da empresa, por dar a tranquilidade de que precisam para se voltar às atividades próprias do negócio. Deixando as questões jurídicas, processuais, contratuais e tudo o que envolve a manutenção da legalidade nas transações nas mãos do escritório de advocacia contratado.

Advocacia preparada para atender empresas

Tudo isso vai exigir dos escritórios de advocacia nada mais do que constante especialização nas áreas exigidas pelas empresas contratantes. Para que tudo possa fluir positivamente, os advogados também precisam estar munidos com as informações e documentações exigidas para a sua atuação.

O escritório de advocacia, provavelmente, precisará de uma estrutura apropriada para lidar com as demandas da empresa, sendo este um requisito básico para que se estabeleça a sintonia apropriada.

Percebe-se, ainda, que os escritórios de advocacia não podem estar restritos apenas ao campo legal, a parceria com as empresas contratantes deve ir além, em um trabalho de apuração de possibilidades que possam ajudar no desenvolvimento da empresa e na prevenção de problemas.

Hoje, os advogados que mais merecem credibilidade não são aqueles que vencem processos nos tribunais, mas sim aqueles que evitam que os processos possam ocorrer.