Como se destacar da concorrência

Tempo de leitura: 3 minutos

A popularização do curso de Direito em nosso país, famoso por ser formador de profissionais que alcançam um grande montante financeiro em um tempo razoável, aliado a uma verdadeira explosão de faculdades de Direito por todo território nacional, resultou em um mercado jurídico cheio de profissionais.

Inúmeros advogados recém-formados quando partem para o famoso 6º ano da faculdade, encontram inúmeras dificuldades frente a grande existente, visto ao grande número de escritórios de advocacia que se firmam no Brasil.

Frente a isso e no propósito de aconselhar principalmente jovens advogados, esse artigo traz algumas dicas para driblar a concorrência e fazer seu escritório de advocacia ter sucesso:

1) ÉTICA: Essa dica é primordial para toda a sua carreira profissional. Realmente para você obter sucesso no seu escritório de advocacia deverá acima de tudo ser ético. Tratar com respeito qualquer pessoa desde um mendigo na rua até mesmo um magistrado. Exerça sua profissão de maneira exemplar, com a conduta necessária, principalmente obedecendo as regras do Código de Ética e Disciplina da OAB. Dessa forma, você será reconhecido por todos como um profissional exemplar, o que lhe renderá com toda a certeza muitos frutos.

2) CORRESPONDENTE JURÍDICO: Ser um correspondente jurídico lhe proporcionará uma vasta experiência jurídica e resultados financeiros impressionantes, o que é de grande valia, principalmente nos primeiros anos de carreira. Torne-se um correspondente jurídico, essa é uma grande alternativa para você tirar seu escritório do “vermelho”, além de você conseguir manter uma estrutura ideal para a sequência do seu trabalho, fazendo você dar um passo a frente da concorrência, haja vista que estabilidade no mercado é tudo.

3) VIDA SOCIAL E LAÇOS DE AMIZADE: Aproveitando a dica anterior, tornando-se um correspondente jurídico você manterá contatos e criará inúmeros contatos. Nessa linha, aconselhamos também manter enorme vínculos de amizade, comunicando-se com o maior números de pessoas, tanto pessoalmente, quanto virtualmente. Use e abuse das redes sociais e os benefícios que estas lhe proporcionam. Aumentando seu círculo de amizade, aumentará na mesma progressão o seu número de clientes, os quais são fundamentais para os lucros do seu escritório.

4) MANTER-SE EM EVIDÊNCIA: Mantenha-se em evidência, porém, tenha cautela. Você deve manter-se em foco para ser conhecido na sociedade, indicamos por exemplo, começar com publicações em jornais e páginas na web, escrevendo artigos sobre temas atuais ou comentando casos reais que são divulgados na imprensa. Aos poucos você irá avançando para o rádio e quiçá a televisão que lhe proporcionará uma visibilidade enorme. Contudo, conforme referido anteriormente, tenha cuidado. Faça tudo com zelo e discrição, respeitando as regras do Código de Ética e Disciplina da OAB, pois, do contrário, será um tiro no próprio pé.

5) ESPECIALIZAÇÃO EM ÁREA ESPECÍFICA: Essa dica é muita útil também para você advogado iniciante que pretende abraçar o mundo jurídico, trabalhando em todas as áreas, desesperado pelo dinheiro. Você terá que escolher, principalmente se você for advogar sozinho, uma área específica para a atuação do seu serviço. Especialize-se nessa área, de modo a ter total conhecimento da matéria e esteja sempre atualizado. Um advogado bom nunca para de estudar. Essa é uma grande dica, pois, o que se nota atualmente são jovens advogados se aventurando em diversas áreas, sem ser expert em alguma específica, resultando na perda de um grande número de ações, denegrindo a imagem do seu escritório, o que culminará na escassa procura de clientes pelos seus serviços.

Assim, com essas dicas, esperamos ter ajudado você jovem advogado a conseguir driblar a concorrência existente no “mercado jurídico” e fazer seu escritório se dar bem. Coloque em prática essa dicas e até breve com novas dicas quentes para você!

4 Comentários


  1. Ser correspondente é pura ilusão…não faço diligencias para ninguém…os processo hoje são eletrônicos e quem tiver cliente em outra localidade que vá até o local da audiência ou então deixe o cliente para um profissional que efetivamente está na Comarca em questão.
    Sem contar que os colegas que fazem diligências reclamam que os solicitantes querem impor um preço, então que levante a bunda da cadeira e vá até Comarca se o processo for físico.

    Responder

  2. Boa tarde, Sou Advogado e milito na área previdenciária na cidade de Campinas, as dicas ofertada são de grande valia, visto que, escolher que caminho que irá seguir e o domínio e conhecimento serão o que vai diferenciar o advogado dos demais, são muitos e milhares que se formam todos os anos, mais poucos se destacam e sobrevivem na profissão , caso faça às escolhas erradas, e cai em desespero para compensar os longos anos sofridos na faculdade e em cursinho, podem lhe causar ao final desencanto com a profissão, para que se destaque entre os demais, deve-se dia a dia dedica-se e aperfeiçoasse, para que assim, alcance o sucesso profissional o reconhecimento de clientes e colegas.
    a minha dica , faça uma especialização e terá seu lugar ao sol .
    Dr. José Flavio Batista Rodrigues

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *